Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ceni rebate Ney Franco: ‘Por mim, ele estaria fora há muito tempo’

Goleiro do São Paulo afirmou que não tem poder nos bastidores do clube

Por Da Redação 7 ago 2013, 17h05

O goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, rebateu nesta quarta-feira as críticas feitas por Ney Franco sobre a atuação do jogador nos bastidores do clube. Em entrevista no Japão, onde o time perdeu para o Kashima Antlers -, Ceni negou que tenha poder nas decisões do clube. “Se tivesse a influência que ele disse, ele estaria no olho da rua há muito mais tempo. Sou apenas um funcionário do clube, não decido nem mando.”

Leia também:

Ney Franco critica Ceni: ‘Ele fritou o Paulo Henrique Ganso’

São Paulo leva gol no fim e perde para o Kashima Antlers

Os dirigentes do São Paulo garantiram que a discussão foi resolvida, mas Rogério Ceni fez questão de expor sua insatisfação com o trabalho de Ney Franco que o treinador não havia deixado qualquer legado nos 12 meses em que comandou o time – foi demitido em julho, após derrota para o Corinthians no primeiro jogo da Recopa.

Continua após a publicidade

Leia também:

Ufa!, São Paulo vence após 14 jogos de jejum

Filho de Sócrates é novo diretor de futebol do São Paulo

Em entrevista ao jornal O Globo, Ney Franco disse que Rogério Ceni estava mais preocupado em quebrar marcas individuais e em dar palpites nas contratações de jogadores. Principal reforço do São Paulo no segundo semestre de 2012, Paulo Henrique Ganso foi um dos mais atacados pelo capitão do time.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade