Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caxias e Inter começam a decidir o título gaúcho na Serra

Quis o destino que o Campeonato Gaúcho de 2012 tivesse uma final inédita. Caxias e Internacional começam, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Centenário, a decidir quem será o dono do Rio Grande do Sul nesta temporada. O time grená busca seu segundo título na história, enquanto o Colorado tenta o bicampeonato e a 41taça estadual.

Campeão da Taça Piratini, o Caxias está há quatro semanas sem jogar oficialmente. Depois de conquistar o primeiro turno, o time da Serra teve desempenho irregular na Taça Farroupilha, o que custou o emprego do técnico Paulo Porto. Seu substituto, Mauro Ovelha, embora gaúcho, gera desconfiança por não ter experiência como treinador no futebol do Rio Grande do Sul – trabalhava, desde 2000, em clubes catarinenses.

O desfalque mais sério do time da casa é o lateral esquerdo Fabinho, um dos melhores do Gauchão. O jogador sentiu dores musculares após o aquecimento do treino desta quarta. ‘Ele está 100% fora, mas já busca recuperação para a segunda partida’, afirma o médico do clube, Lisandro Pavan.

Mauro Ovelha promete uma equipe aguerrida para superar a maior qualidade técnica do Internacional: ‘a gente sabe que vai precisar fazer um jogo muito bom. A marcação é o principal, precisa encaixar’, projeta. Na Taça Piratini, o Caxias perdeu por 2 a 0 para o Inter, que jogou praticamente completo, no Estádio Centenário. A situação do Colorado neste domingo, porém, é bem diferente.

O técnico Dorival Júnior tem nada menos que sete desfalques de jogadores considerados titulares para a primeira partida da decisão do Gauchão. Na defesa, Rodrigo Moledo (suspenso) e Kleber (lesionado) dão lugar a Bolívar e Fabrício. Mas o pior é do meio para a frente: nenhum dos cinco principais jogadores ofensivos do elenco terá condições de enfrentar o Caxias neste domingo.

D’Alessandro, Dátolo e Dagoberto estão lesionados. Oscar, ainda não inscrito no BID, está fora também. Leandro Damião, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, não pode atuar. Com isso, Dorival deve manter a formação que deu mais solidez defensiva ao Inter na temporada, com a trinca de volantes formada por Sandro Silva, Guiñazu e Tinga. Jô deve ser o centroavante. Para as outras duas funções, há três vagas: Jajá e Gilberto são os favoritos, e João Paulo corre por fora

Além do jogo deste domingo, Internacional e Caxias voltam a se enfrentar no final de semana que vem, dia 13, no Beira-Rio. O regulamento prevê saldo qualificado em caso de empate no número de gols marcados no somatório dos 180 minutos. Persistindo a igualdade, o Gauchão será decidido nos pênaltis, como ocorreu no ano passado. Em 2009, o Inter foi campeão gaúcho em cima do Caxias, quando venceu a Taça Fábio Koff e conquistou o troféu de forma antecipada.

FICHA TÉCNICA

CAXIAS X INTERNACIONAL

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul

Data: 6 de maio de 2012, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves de Lima

Assistentes: Julio Cesar Rodrigues dos Santos e José Antonio Chaves Franco Filho

CAXIAS: Paulo Sérgio; Michel, Lacerda, Tiago e Lucas Galvão; Umberto, Mateus, Paraná e Wangler; Marcos Paulo e Vanderlei.

Técnico: Mauro Ovelha

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Sandro Silva, Guiñazu, Tinga e Jajá; Gilberto (João Paulo) e Jô.

Técnico: Dorival Júnior