Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cassino de Las Vegas cobra dívida de R$ 428 mil de Luxemburgo

Treinador passou pelo local em fevereiro de 2014, quando estava desempregado

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Cruzeiro, é acusado pelo hotel e cassino Wynn, em Las Vegas, nos Estados Unidos, de não ter pagado uma dívida de 139.000 dólares (cerca de 428.000 reais), referentes a uma noite de jogatina em fevereiro de 2014. As informações são do site da ESPN Brasil.

Luxemburgo muda o time e Cruzeiro vence Goiás em BH

Segundo a reportagem, Luxemburgo entregou ao cassino, um dos mais luxuosos da região, um cheque promissório no valor de 300.000 dólares, que deveria ser pago até 29 de maio daquele ano. No entanto, o treinador só quitou 161.000 dólares e ficou devendo o restante. Na época, Luxemburgo estava desempregado.

O cassino contratou advogados brasileiros e luta para reaver o valor. A ESPN Brasil apresentou documentos com a assinatura de Luxemburgo e que comprovam a dívida. Luxemburgo e Cruzeiro ainda não se pronunciaram sobre o tema.

(da redação)