Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casemiro ri após duas vitórias: ‘A alegria nunca foi embora daqui’

O ambiente carregado dos dias seguintes à eliminação diante do Santos no Campeonato Paulista, até com afastamento do titular Paulo Miranda por imposição da diretoria, mudou no CT da Barra Funda. Duas vitórias, contra Ponte Preta e Goiás, a volta do zagueiro ao time e a proximidade da vaga nas semifinais da Copa do Brasil expuseram sorrisos novamente. E há quem diga que não existe novidade.

‘A alegria nunca foi embora daqui. Não dá para sorrir e brincar a toda hora, tem que ser mais sério. Mas a alegria em campo, no vestiário e na concentração nunca foi embora, pelo contrário. Neste ano estamos de parabéns, a alegria está se transformando dentro de campo’, afirmou Casemiro, com seu sorriso característico.

Denis foi um dos que superaram os problemas da derrota por 3 a 1 para o Peixe. O goleiro errou no último gol adversário daquele jogo, espalmando para dentro da meta um chute de Neymar, mas nesta quinta-feira já apareceu gargalhando para dar entrevistas. O lance em que rebateu com o rosto uma cabeçada de Ricardo Goulart na vitória por 2 a 0 sobre o Goiás prova a mudança de sorte.

‘Eu estava bem posicionado. As pessoas falaram que a bola bateu no meu rosto. Não! Eu estava bem posicionado’, insistiu, brincando. ‘Fui feliz de estar ali naquela hora, defendendo. O goleiro tem que defender de qualquer jeito, de rosto, mão, braço. O que não pode é deixar a bola passar.’

A impressão é que o baque da derrota no San-São foi completamente assimilado. ‘Infelizmente tivemos uma derrota contra o Santos, mas cansei de falar que não se pode tirar o mérito do Santos’, apontou Casemiro.

‘A equipe cresce com derrota porque procura pegar os erros e fatos que aconteceram para que a vitória possa acontecer. Treinamos e acertamos para não perder mais. O aprendizado que mostrou força de superação contra a Ponte Preta’, disse Denis, lembrando do triunfo por 3 a 1 na semana passada, pela Copa do Brasil.

Agora, a lição é de comprometimento e uso da torcida. ‘Com a equipe unida, todos marcam, correm, se ajudam. Tenho certeza de que daqui para o fim não só da Copa do Brasil, mas do Brasileiro a equipe vai se mostrar muito forte’, projetou Denis. ‘No Brasileiro do ano passado, provamos que estávamos muito fortes fora de casa. Neste ano é importante pontuar em casa também. E neste ano, a torcida está ajudando, empurrando, está de parabéns’, elogiou Casemiro.