Clique e assine com até 92% de desconto

Carioca vence os 14 anos e atribui melhora a cobrança dos treinadores

Por Da Redação 27 dez 2011, 21h32

Do ano passado para 2011, Matheus Lima subiu degraus no pódio da São Silvestrinha – versão para crianças da Corrida Internacional de São Silvestre. E o carioca atribui o primeiro lugar na categoria 14 anos a cobrança de seus técnicos durante os treinamentos que visavam à competição.

‘Quando faltavam uns três meses para a São Silvestrinha e eles (treinadores) começaram a ficar bem em cima da gente, cobrando, falando: ‘você precisa melhorar, corre mais que você é capaz’. Neste ano estava muito mais confiante’, revelou Matheus, que participou da competição pela segunda vez.

Em 2010, quando tinha 13 anos, o carioca da equipe Brasil Vale Ouro ficou com o terceiro lugar nos 100m ao anotar o tempo de 13s26. Na 18edição da São Silvestrinha, ele correu 200m a mais (a categoria 14 anos exige a distância de 400m) e foi melhor: faturou a prova, superando Gabriel Borges, o vice, e João Vitor dos Santos, que ficou com o bronze.No ano que vem, Matheus correrá no evento pela última vez – a idade limite para participar da competição é 15 anos – e quer se despedir com mais uma vitória. Ele sabe que o ouro em 2011 não fará com que as cobranças de seus exigentes professores diminua, pelo contrário.

‘Estou feliz por hoje, mas não posso relaxar, senão vem outro e me passa. Tenho sempre que estar dando o meu melhor, sempre buscando o primeiro lugar’, disse o jovem com discurso padrão de um já campeão.

*especial para a GE.Net

Continua após a publicidade
Publicidade