Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Capitão da Argentina pensa em levar cinco tenistas para a Davis

No começo de dezembro, a Argentina vai tentar conquistar o primeiro título da sua história na Copa Davis, em Sevilla, contra o time da casa Espanha. Atento às lesões de seus principais tenistas, o capitão Tito Vázquez pensa em chamar cinco integrantes.

O argentino David Nalbandian, 57do ranking, mas ex-terceiro colocado, desistiu do ATP 500 de Valencia para focar apenas na Copa Davis por causa de uma distensão na coxa. Com problemas no punho, Juan Martin Del Potro, 15 , disputou apenas três torneios em 2010.

‘Com tudo o que tem acontecido desde que assumi a equipe, não planejo nada com muita antecipação, pois as lesões são um tema recorrente. David já não vai jogar em Valência por causa de uma distensão e levará umas semanas para se recuperar’, lamentou.

Se esses dois são presença quase certa na disputa, as outras três vagas seguem em aberto. Os mais bem colocados no ranking são Juan Ignacio Chela e Juan Monaco. Embora à sua frente no ranking haja tenistas como Carlos Berlocq e Diego Junqueira, Eduardo Schwank (164 ) deve ser escolhido pela sua experiência em duplas. Este ano, foi à final de Roland Garros.

‘Uma dupla realmente boa é aquela que consegue jogar o tempo todo junta. Infelizmente, não temos uma parceria argentina fixa no circuito por razões diferentes. Tentamos juntar Schwank e (Horacio) Zeballos, mas após uma série na França, não conseguiram jogar juntos por causa da diferença de ranking’, explicou.