Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caos no Maracanã faz proteção a Itaquerão ser reforçada

Cerco policial para jogo entre Uruguai e Inglaterra, nesta quarta, é mais rigoroso

Os efeitos da invasão de torcedores chilenos sem ingresso ao Maracanã, na tarde de quarta-feira, já foram sentidos menos de 24 horas depois, no Itaquerão. Nas horas que antecederam a partida entre Uruguai e Inglaterra, às 16 horas (de Brasília) desta quinta, o� aparato de segurança ao redor da arena paulista da Copa do Mundo estava ainda mais rigoroso. Nas barreiras montadas no perímetro de segurança em torno do estádio, a polícia fazia uma verificação mais cuidadosa dos ingressos dos torcedores e das credenciais dos profissionais autorizados a trabalhar na partida. Na véspera, no Rio de Janeiro, os chilenos que invadiram a sala de imprensa furaram esse bloqueio – alguns deles, mostrando aos policiais os ingressos da primeira partida, realizada em Cuiabá – e conseguiram alcançar o Maracanã.

Leia também:

‘Constrangida’ com invasão, Fifa quer segurança reforçada

Chilenos que invadiram Maracanã têm 72h para deixar o Brasil​

‘Copa das Copas’ rebaixa padrão Fifa; veja lista das falhas

PM diante do Itaquerão antes de Uruguai x Inglaterra PM diante do Itaquerão antes de Uruguai x Inglaterra

PM diante do Itaquerão antes de Uruguai x Inglaterra (/)

Dentro do esquema de segurança acordado entre Fifa, Comitê Organizador Local (COL) e autoridades brasileiras, só quem tem bilhete para o jogo ou identificação de trabalho no evento pode chegar à parte externa dos estádios nas horas que antecedem cada partida. Na manhã desta quinta, os policiais militares que manejavam os bloqueios nas vias de acesso ao Itaquerão confirmavam que o maior rigor na checagem dos ingressos e a vigilância mais próxima e atenta dos torcedores uruguaios e ingleses já eram medidas resultantes do reforço de segurança decidido pelos organizadores nas reuniões realizadas desde o episódio do Maracanã – que foi classificado de “constrangedor” pela Fifa no início da tarde desta quinta.

Leia também:

Uruguai x Inglaterra: na decisão, todos de olho em Suárez ​

Uruguai está contra a parede e promete escapar de novo

Sob clima londrino, a Inglaterra espera acelerar ainda mais