Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Candinho diz que Julio Cesar nem foi citado em reunião com Timão

Uma nota oficial divulgada no site do Corinthians informa que a diretoria do clube conversou nessa segunda-feira com a Portuguesa, que pediu o goleiro Julio Cesar para liberar o volante Guilherme. A proposta teria sido imediatamente recusada pelo gerente de futebol Edu Gaspar, mas a versão rubro-verde é outra.

‘O nome do Julio Cesar não foi citado na reunião’, garantiu Candinho, gerente da Lusa, à GE.Net. ‘O Corinthians fez uma proposta financeira e levantou a possibilidade de ceder alguns jogadores se o negócio fosse fechado, mas isso para depois da Libertadores. Disseram que eles ofereceram o Lulinha, mas ninguém quer Lulinha. Ele está lá na Bahia! Não existe nada’.

Apesar de não descartar um acerto futuro com Julio Cesar, Candinho diz que a Portuguesa não está em busca de um arqueiro neste momento. Ele lembra que o clube acabou de contratar Glédson, ex-Náutico e Boa Esporte, e minimiza a iminente saída de Wéverton, que já teria pré-contrato assinado com o Atlético-PR. ‘Uma hora parece que vai, outra hora parece que não vai. O que eu sei é que ele vai jogar quinta-feira, contra o Bahia, pela Copa do Brasil’.

Apesar das contradições, Guilherme segue próximo de reforçar a equipe alvinegra. A Portuguesa não aprovou a primeira proposta, mas já abandonou a postura irredutível de meses atrás. Ameaçado por torcedores, o jogador se recusa a comparecer aos treinos há 11 dias e, por meio do agente Wagner Ribeiro, garante não ter mais clima para permanecer no clube que o revelou.

A ideia do Corinthians é adquirir metade dos 70% dos direitos econômicos que pertencem à equipe do Canindé, com a qual o atleta de 21 anos, observado há cerca de um ano, tem contrato até 31 de julho de 2014.