Clique e assine a partir de 9,90/mês

No Rio, candidatos a prefeito tentam surfar na onda olímpica

Políticos do Rio tentam atrelar a própria imagem aos Jogos nas redes sociais. Campanha eleitoral começa hoje em todo o Brasil

Por Thiago Prado - Atualizado em 16 ago 2016, 15h13 - Publicado em 16 ago 2016, 14h38

Tirar uma casquinha da Olimpíada do Rio de Janeiro para alavancar a popularidade não é privilégio apenas do prefeito Eduardo Paes. Os candidatos à sua sucessão também tem usado as redes sociais para atrelar de alguma forma a sua imagem aos Jogos. A estratégia tem uma explicação: as pesquisas mostram a população completamente desinteressada na disputa eleitoral neste momento – a atenção do carioca está toda voltada para as competições esportivas.

Alessandro Molon da Rede é um dos mais ativos na internet comentando os Jogos – ontem, por exemplo, imediatamente após o ouro de Thiago Braz no salto com vara, postou a mensagem: “Parabéns, desbancando o campeão mundial”.

Ex-secretários de Paes, Indio da Costa (PSD) e Carlos Roberto Osório (PSDB) também escreveram textos de apoio aos atletas brasileiros nos últimos dias:

 “Dobradinha do Brasil na ginástica. Parabéns meninos”, escreveu Osório no domingo para comemorar as medalhas de Diego Hypólito e Arthur Nory na ginástica. Na semana passada, Indio comemorou o ouro da judoca Rafaela Silva e aproveitou para criticar seus adversários: “Parabéns pelo ouro para o Brasil. Um belo exemplo de superação pessoal. A prefeitura deveria investir para termos mais vencedores. Mas…”, postou.

Um dos maiores críticos dos gastos do governo com os Jogos, Marcelo Freixo (PSOL) é outro a dar espaço para Olimpíada no seu Facebook. Até para comemorar a arrecadação de recursos para a campanha através de uma campanha de crowdfunding, a equipe de comunicação do psolista fez uma montagem com a sua foto colocando-o como um corredor medalha de ouro no atletismo. Nas redes, Freixo também saudou as conquistas da ginasta americana Simone Biles.

Durante a semana passada, Flavio Bolsonaro (PSC) postou foto com a camisa de seleção brasileira e enalteceu o fato da judoca Rafaela Silva ser militar – justamente o público onde ele e o pai Jair abocanham muitos votos. Além de enaltecer feitos do governo Paes e parabenizar atletas vitoriosos, Pedro Paulo Carvalho (PMDB) aproveitou ontem para alfinetar adversários na internet usando a temática dos Jogos: “A serenidade de quem já corre o Rio há muito tempo. E não precisa acelerar porque a campanha começa amanhã”, escreveu, com uma imagem do jamaicano Usain Bolt ao fundo.

Marcelo Crivella (PRB) e Jandira Feghali (PCdoB) também postaram sobre temas relacionados aos Jogos, mas em um tom bem menos efusivo que os concorrentes. A comunista, aliada de Lula e Dilma Rousseff, fez questão de destacar a imagem de uma faixa pedindo “Fora Temer” estendida durante as provas da maratona no Centro do Rio. Já o senador e bispo da Igreja Universal foi o único a deixar no ar uma crítica à uma elitização do público dos Jogos: no dia 8, postou a foto de um menino negro com uma bola de futebol na favela olhando ao fundo o Maracanã iluminado.

Continua após a publicidade
Publicidade