Clique e assine a partir de 9,90/mês

Campeão da temporada será definido em Interlagos pela sexta vez

Por Da Redação - 24 Nov 2012, 13h11

O Autódromo de Interlagos voltou a ser palco de mais uma decisão da F1. Desde que o GP do Brasil passou para a parte final do calendário da categoria, em 2004, já são seis disputas diretas pelo título. Nesta temporada, a mais disputada da história, oito pilotos venceram provas em 20 etapas, e neste domingo pode ser conhecido o mais jovem tricampeão da F1 de todos os tempos.

Em 2005, Fernando Alonso, então da Renault, terminou a corrida na terceira colocação, atrás de Kimi Raikkonen, da McLaren, seu rival direto rumo ao título, mas conseguiu sagrar-se campeão. No ano seguinte, Alonso disputou com o supercampeão Michael Schumacher e venceu, faturando o bicampeonato. Em 2007, Raikkonen, na Ferrari, deu o troco em Alonso e conquistou seu primeiro e único campeonato – superou o espanhol e Lewis Hamilton, ambos na McLaren, por apenas 1 ponto.

Leia também:

Hamilton domina treinos livres para o GP Brasil

Continua após a publicidade

Massa homenageia pai com capacete especial no Brasil

Alonso e Vettel: cautela com a decisão no domingo

Decisão da F1 em São Paulo deve ter chuva no domingo

No Mundial de 2008, o ferrarista brasileiro, Felipe Massa, venceu mas não levou. Para levar seu primeiro título – e quebrar um jejum que já durava 17 anos -, ele precisava torcer para Hamilton terminar a prova, no máximo, na sexta colocação – o britânico cruzou em quinto e levou o caneco. A Brawn dominou a temporada 2009, com um desempenho arrasador de Jenson Button na primeira metade do campeonato. O brasileiro Rubens Barrichello, único rival à altura do britânico, deixou escapar a chance em Interlagos com um pneu furado. Resultado: Button campeão. Em 2010, o campeonato foi definido por Vettel em Abu Dhabi e no ano passado o bicampeonato foi confirmado pelo alemão no GP do Japão.

Publicidade