Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Campeã Espanha pode se garantir no Mundial nesta terça

Inglaterra e Rússia também brigam por vaga nas Eliminatórias da Europa. Dia é de definição também nas Américas - Chile, Equador e Honduras são favoritos

Por Da Redação - 15 out 2013, 07h55

A Espanha pode garantir nesta terça-feira sua classificação à Copa do Mundo de 2014. A seleção campeã do mundo é a líder do grupo I, com 17 pontos, e precisa apenas de um empate contra a Geórgia, em casa, para carimbar o passaporte para o Mundial no Brasil. A França, a segunda colocada do grupo, tem 14 pontos e enfrenta a Finlândia, também em casa. O time tem saldo de gols abaixo da Espanha e torce por um improvável tropeço da líder da chave para tentar a vaga direta. Se a combinação de resultados não der certo, a seleção francesa terá de disputar a repescagem contra alguma outra segunda colocada de grupo.

Outra equipe que pode confirmar presença em 2014 é a Inglaterra. A seleção campeã mundial em 1966 lidera o grupo H, com um ponto de vantagem sobre a Ucrânia – 19 a 18 -, e enfrenta a Polônia, que não almeja mais nada na competição, nesta terça, no Estádio de Wembley, em Londres. A equipe inglesa precisa de uma vitória para assegurar a liderança do grupo e conseguir a vaga. A Ucrânia enfrenta o lanterna San Marino – que tomou 46 gols nas Eliminatórias e marcou apenas um -, fora de casa.

Leia também:

Com reação incrível, Colômbia garante vaga na Copa

Publicidade

Alemanha e Suíça vencem e estão na Copa de 2014

Bélgica vence Croácia e se classifica para a Copa de 2014

A Rússia também deve assegurar nesta terça-feira sua participação em 2014. O time é líder do grupo F – o mesmo de Portugal -, com 21 pontos. Os russos enfrentam o Azerbaijão, fora de casa, e precisam de apenas um empate para ficar com a vaga direta para a Copa. Portugal, que enfrenta Luxemburgo em casa, está três pontos atrás da Rússia e tem saldo de oito gols positivos – os russos têm saldo positivo de 15 gols. O mais provável é que o time de Cristiano Ronaldo continue em segundo e dispute a repescagem.

No grupo G, Bósnia-Herzegovina e Grécia, ambos com 22 pontos, disputam a liderança. Os bósnios tem ampla vantagem de saldo de gols sobre os gregos – 23 contra 6, respectivamente – e enfrentam a Lituânia, fora de casa. A Grécia recebe Liechtenstein em casa e só pode pensar na vitória caso queira evitar a repescagem.

Publicidade

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Américas – A rodada das Eliminatórias também é decisiva no continente que receberá o torneio do ano que vem. Chile, Equador e Uruguai disputam as últimas vagas diretas para 2014 entre os sul-americanos. Chile e Equador, com 25 pontos, se enfrentam no Estádio Nacional, em Santiago, e um empate garante as duas equipes na Copa. O Uruguai tem o caminho um pouco mais complicado: com 22 pontos, precisa golear a Argentina, já classificada, e torcer por um vencedor na outra partida. Caso não consiga a classificação direta, o Uruguai irá disputar a vaga com a Jordânia. Seria a quarta repescagem consecutiva da seleção uruguaia.

Honduras e México disputam a terceira vaga direta para a Copa do Mundo nas Eliminatórias da América do Norte, América Central e Caribe. Com três pontos de vantagem sobre o México, Honduras precisa de apenas um empate contra a Jamaica, fora de casa, para assegurar a vaga. Já os mexicanos, que enfrentam a já classificada Costa Rica, precisam vencer para empatar em número de pontos, e fazer um saldo maior para ficar com a terceira colocação – atualmente, Honduras tem um gol de saldo positivo e o México tem um gol negativo. O Panamá, com 8 pontos, também pode roubar a vaga na repescagem caso vença os Estados Unidos, em casa, e ultrapasse o México no saldo de gols. O quarto colocado da competição encara a Nova Zelândia na repescagem.

Publicidade