Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cambista argentino é preso em Copacabana por negociar ingressos da Copa do Mundo

Policiais civis prenderam estrangeiro em flagrante, depois de descobrir oferta de ingressos na internet

Por Da Redação - 4 jun 2014, 12h24

Enquanto os torcedores aguardavam para, pela última vez, tentar adquirir ingressos para os jogos da Copa do Mundo – algo dificílimo pelos canais formais da Fifa, mas farto na ilegalidade – policiais civis do Rio prenderam em flagrante mais um cambista. Na noite de terça-feira, foi detido em Copacabana um argentino que oferecia tickets por preços de até 1.300 reais.

Leia também:

Ingressos da Copa para SP e RJ estão esgotados. Cidades registram tumultos

A prisão foi feita por policiais da Delegacia Especial de Apoio ao Turista (Deat). O argentino foi descoberto a partir de um anúncio na internet – mecanismo ao qual estão recorrendo os cambistas e também gente que, na esperança de repassar os ingressos sem devolução à Fifa, tenta operar a transação por conta própria.

Descoberto o vendedor, a prisão foi feita na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, na altura do Posto 6 – um dos pontos preferenciais de caminhadas dos turistas à noite. Para o jogo entre Argentina e Bósnia, o argentino cobrava 1.300. Já a partida entre Chile e Espanha custava 1.200 reais. O cambista foi autuado por crime de “cambismo”, previsto no Estatuto do Torcedor (Lei 10.671/2003).

Continua após a publicidade

Leia também:

Felipão ‘dá um desconto’ por inatividade, mas cobrará mais

Em Goiânia, um público quieto. Até Neymar entrar em ação

Neymar incendeia o time e dá show na goleada da seleção​

​Não comprou ingressos para o Mundial? Aposte na sorte…

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade