Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Calendário da NBA elimina clássicos da temporada

Redação Central, 23 dez (EFE).- A redução da nova temporada da NBA, que começa neste domingo, para 66 partidas, obrigou os diretores a estabelecerem um calendário que rompe com a tradição de que todas as equipes joguem pelo menos uma vez entre elas, o que acarretará na não realização de alguns duelos históricos.

O locaute de mais de cinco meses obrigou o cancelamento de dezenas de partidas, e pela segunda vez na história da liga americana não será disputada uma temporada completa. A anterior foi em 1999, quando cada time entrou em quadra 50 vezes durante a temporada regular.

A experiência anterior não foi nada positiva e, de fato, se não se tivessem chegado a um acordo para começar a competição no Natal, provavelmente a nem aconteceria desta vez.

O novo calendário de 2011/2012 faz com que as equipes tenham de visitar todos os oponentes da mesma conferência, mas que viajem para enfrentar apenas nove times da outra.

Isso faz com que, por exemplo, o duelo do ala Carmelo Anthony contra Nenê e o Nuggets em Denver, deixe de acontecer. Já em Chicago, os torcedores da cidade não terão a chance de ver Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers, e o astro local, Derrick Rose, se enfrentarem em uma partida entre duas das maiores equipes da história da NBA.

Enquanto isso, o Dallas Mavericks, atual campeão, não viajará para enfrentar favoritos como os Lakers, o San Antonio Spurs e o Oklahoma City Thunder.

No domingo, a temporada começará com cinco jogos, com destaque destaque para as partidas entre o atual campeão e o vice, o Dallas Mavericks e o Miami Heat. Boston Celtics e New York Knicks se enfrentarão no Madison Square Garden, em Nova York, enquanto Chicago Bulls e Los Angeles Lakers medirão forças no Staples Center, na Califórnia. EFE