Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Calendário da F1 em 2015 tem 20 corridas e GP no México

FIA confirmou nesta sexta-feira a agenda das provas para a próxima temporada

Por Da Redação 12 set 2014, 11h03

A F1 em 2015

15 de março: Austrália

29 de março: Malásia

5 de abril: Bahrein

19 de abril: China

10 de maio: Espanha

24 de maio: Mônaco

7 de junho: Canadá

21 de junho: Áustria

5 de julho: Inglaterra

19 de julho: Alemanha

26 de julho: Hungria

23 de agosto: Bélgica

6 de setembro: Itália

20 de setembro: Cingapura

27 de setembro: Japão

Continua após a publicidade

11 de outubro: Rússia

25 de outubro: EUA

1 de novembro: México

15 de novembro: Brasil

29 de novembro: Abu Dabi

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou nesta sexta-feira o calendário da temporada 2015 da Fórmula 1 e definiu que o próximo campeonato terá vinte corridas. A principal novidade é o retorno da principal categoria do automobilismo mundial ao México. O último GP realizado no país aconteceu em 1992, no Autódromo Hermanos Rodriguez, na Cidade do México. A mesma pista foi escolhida para sediar a volta do México ao calendário da Fórmula 1, em corrida agendada para o dia 1º de novembro. A categoria já passou pelo México em quinze ocasiões, com uma vitória de piloto brasileiro (Ayrton Senna, em 1989). Nigel Mansell e Alain Prost venceram duas vezes cada.

Leia também:

FIA proíbe que rádio seja usado para ajudar pilotos na F1

Montezemolo deixa presidência da Ferrari após 23 anos

Massa diz que Williams deve melhorar ‘em muitas coisas’

Campeão Vettel estreia pista em Sochi; assista ao vídeo

O calendário expandido, com uma corrida a mais, fará com que a próxima temporada termine uma semana mais tarde do que a atual, no dia 29 de novembro, com a realização do GP de Abu Dabi. O GP do Brasil, no circuito de Interlagos, em São Paulo, será a penúltima etapa do campeonato, no dia 15 de novembro. Em 2015, os GPs de Cingapura e do Japão serão disputados em semanas seguidas, nos dias 20 e 27 de setembro. Além disso, ao contrário do que foi esboçado anteriormente, houve uma inversão de datas entre as provas nos Estados Unidos e no México. Assim, o GP americano será disputado em 25 de outubro, uma semana antes da prova mexicana.

A definição do calendário da temporada 2015 da Fórmula 1 aconteceu nesta sexta-feira, durante uma reunião do Conselho Mundial de Esportes a Motor, realizada em Pequim, na China. Fora do calendário deste ano, o GP da Índia não retornou ao calendário, como os dirigentes do automobilismo no país desejavam. Além disso, o GP das Américas, em Nova Jersey, que chegou a fazer parte do calendário provisório inicial da FIA, foi cancelado de vez – faltaram investidores para bancar a prova. A temporada 2015 da Fórmula 1 será aberta pelo GP da Austrália, marcado para o dia 15 de março. Será a segunda vez que a temporada da Fórmula 1 terá vinte corridas, repetindo 2012, o campeonato mais longo da história da categoria.

As equipes e pilotos de 2014
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Kamui Kobayashi (Japão) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade