Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caio Júnior se vê firme no Grêmio: ‘Não estou sofrendo pressão’

O fraco desempenho do Grêmio nesse início de temporada, ocupando apenas a quinta posição do Grupo 2 do Campeonato Gaúcho, não parece ter abalado o técnico Caio Júnior. Nesse domingo, o treinador ouviu vaias depois do empate com o arquirrival Internacional por 2 a 2, dentro de casa.

Nesta segunda-feira, em entrevista à Rádio Gaúcha, Caio lembrou de passagens anteriores por outros grandes clubes para garantir que se sente seguro no cargo.

‘Não estou sofrendo pressão aqui. Vivi muitos momentos de pressão, tanto no Palmeiras (2007) quanto no Flamengo (2008). É no momento da dificuldade que o treinador tem de dar a cara para bater’, afirmou.

Apesar do empate, ele afirmou que o primeiro tempo do Grêmio no clássico foram os melhores 45 minutos do Tricolor sob o seu comando. ‘Foi o modelo ideal. Jogamos quase no 4-4-2, com o Leandro fazendo a ponta do losango’, explicou.

O treinador ainda fez questão de garantir que o Tricolor irá disputar as quartas de final do primeiro turno do Gauchão. ‘O fato de iniciar (o campeonato) perdendo para o Lajeadense influenciou bastante, mas a classificação será alcançada. São nove pontos que teremos de buscar’, finalizou.