Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Caio Júnior pode reviver dupla Loco Abreu e Herrera

Por Da Redação 28 jul 2011, 14h18

O atacante Loco Abreu, que se apresentou nesta quarta-feira e participou de treinamento físico no Engenhão, deve ser a novidade da equipe do Botafogo para a partida deste sábado, em Sete Lagoas, diante do Cruzeiro. A partida, inclusive, deve marcar o reencontro do atacante uruguaio com o técnico Joel Santana.

Os dois se desentenderam durante o campeonato estadual e Loco acabou sendo apontado como um dos responsáveis pela saída do treinador por causa das seguidas críticas ao sistema tático empregado por Joel.

Com a entrada de Loco Abreu, Caio Júnior deve modificar o esquema que vem sendo utilizado nas últimas partidas. O treinador pode reviver a dupla Herrera e Loco Abreu, que vinha jogando antes da suspensão imposta pelo STJD aos dois atacantes por causa do conflito generalizado ao final da partida contra o Avaí, pela Copa do Brasil.

Alexandre Oliveira, que participou dos jogos contra Atlético Paranaense e Avaí, é o mais cotado para deixar a equipe.

Para encarar o time mineiro, o técnico Caio Júnior, que voltou a ser hostilizado pela torcida na vitória sobre o Avaí, espera contar com a dupla de zaga titular. Antônio Carlos, que cumpriu suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo, tem retorno garantido. Já Fábio Ferreira, que não enfrentou a equipe catarinense em função de um problema muscular, será reavaliado pelo departamento médico. Caso continue vetado, o zagueiro Gustavo, que fez sua estreia na partida de quarta-feira, continuará na equipe.

No meio-campo, o volante Marcelo Mattos também tem retorno assegurado depois de ter cumprido suspensão por ter sido expulso no jogo contra o Atlético Paranaense. Com a volta do titular, Léo deve voltar ao banco de reservas.

Já o lateral-esquerdo Márcio Azevedo recebeu o terceiro cartão amarelo, o que está causando preocupação no técnico Caio Junior. Cortez segue entregue ao departamento médico, o mesmo está acontecendo com Everton, que costuma ser improvisado naquela função. A alternativa pode ser aproveitar o volante Somália, que chegou a ser titular da posição quando o técnico alvinegro era Joel Santana. Outra opção seria o deslocamento do lateral direito Lucas. Todas as possíveis mudanças serão testadas no treinamento desta sexta-feira.

Sem fratura – O atacante Caio sofreu apenas uma entorse no tornozelo direito e não uma fratura, como se temia no momento da lesão no Engenhão. O jogador deixou o campo no segundo tempo da partida contra o Avaí se queixando de muitas dores e foi levado de ambulância para fazer exames em um hospital. Segundo o médico Luiz Fernando, é preciso que o atacante seja submetido a uma nova avaliação para que seja aferido o grau da lesão. Ainda de acordo com ele, o certo é que Caio deve desfalcar a equipe por algum tempo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês