Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Caio Júnior festeja, mas diz que não temia demissão

Por Da Redação 28 jul 2011, 09h45

Por AE

Rio – Ao bater o Avaí por 2 a 1, de virada, na noite da última quarta-feira, no Engenhão, o Botafogo encerrou um jejum de quatro jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro e deu novo fôlego ao técnico Caio Júnior, que precisava do triunfo para ganhar sobrevida no cargo. Após o confronto, porém, o treinador garantiu que não temia o risco de demissão.

“Eu sempre estive tranquilo. Era um jogo um pouco diferente pelo fato de termos perdido dois jogos (dos últimos quatro disputados). E pesou mais ainda termos tomado um gol de cara. Foi legal reverter tudo no primeiro tempo. No segundo, o Avaí veio com tudo para cima e tivemos dificuldades no meio-de-campo, por este motivo as alterações. Mas sofremos com o problema do Caio (lesionado), quando poderíamos ter um contra-ataque e uma jogada rápida. Aqui no Botafogo as coisas são sofridas e vai ser assim que vamos fazer uma grande campanha”, afirmou o treinador, acreditando que poderá desempenhar um trabalho a longo prazo neste Campeonato Brasileiro.

Já ao falar do duelo do próximo sábado, contra o Cruzeiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG), Caio Júnior destacou que agora o Botafogo precisa aproveitar o fato de que a pressão por uma vitória recairá sobre a equipe mineira. E, após encarar o clube comandado por Joel Santana, o time carioca terá pela frente outro jogo fora de casa, contra o Figueirense, na próxima quarta-feira, em Florianópolis.

“Estamos com 19 pontos, no grupo de cima (da tabela). Temos que analisar que são dois jogos fora de casa, onde jogamos bem e somos perigosos. Às vezes, jogar fora de casa é até melhor, há mais tranquilidade e menos ansiedade. Acredito em dois grandes jogos e trazer pontos”, projetou o comandante, que contra o Cruzeiro espera contar com a volta do atacante Loco Abreu. Ele acaba de ser campeão da Copa América pelo Uruguai e poderá formar dupla com o argentino Herrera na frente.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês