Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Button supera Hamilton e vence na Hungria

Sebastian Vettel, líder do campeonato, largou na frente mas não garantiu a vitória. O alemão não conquista o lugar mais alto do pódio há três corridas

Por Da Redação 31 jul 2011, 10h54

O inglês Jenson Button venceu o GP da Hungria, neste domingo, após seu companheiro de McLaren, Lewis Hamilton, deixar a liderança da prova por conta de uma punição. Depois de passar grande parte da prova na frente, Hamilton ficou fora do pódio e amargou o quarto lugar. O alemão Sebastian Vettel e o espanhol Fernando Alonso completaram as primeiras colocações.

Absoluto no início da temporada, Vettel chega à terceira prova sem vencer. Sua última vitória foi no GP da Europa, há mais de um mês. Mesmo assim, o alemão segue disparado na classificação do campeonato, mais de 80 ponto a frente de seu companheiro da Red Bull, Mark Webber, segundo colocado na classificação geral. Como ainda restam oito etapas até o fim da temporada, os adversários ainda têm chance de bater Vettel e levar a taça para casa.

Entre os brasileiros, Felipe Massa, quarto colocado no grid de largada, terminou em sexto, enquanto Rubens Barrichello, que teve problemas no classificatório, fez uma corrida discreta e se contentou com a 13ª colocação.

Assim como na corrida passada, Hamilton largou da segunda posição, mas não demorou a tomar a dianteira. Enquanto na Alemanha o pole position era Webber, neste domingo ele ultrapassou Vettel. Pressionado e com a pista lisa por conta da chuva, o alemão errou o traçado, passou da zebra, e o inglês fez a ultrapassagem por dentro na quinta volta.

Neste momento, Massa já havia perdido muitas posições depois de ser prejudicado por largar de posição par do grid – o lado ímpar estava mais seco em virtude da realização de corridas de outras categorias, mais cedo. Quando se recuperou e voltou a ficar à frente de Alonso, seu companheiro de equipe, o brasileiro girou na pista, quase abandonando, e voltou a cair.

A chuva foi dando trégua, e as equipes então chamaram seus pilotos para os boxes para a troca de pneus. Logo depois, Vettel perdeu a posição também para Button e ficou em terceiro, à frente de Webber, que havia tomado a quarta colocação de Alonso.

Massa, por sua vez, buscava nova recuperação e, durante ultrapassagem, tirou Michael Shumacher da prova. Depois da passagem do brasileiro e ex-rival, o alemão da Mercedes rodou na pista e foi obrigado a abandonar a corrida.

As posições começavam a se definir quando Hamilton perdeu o controle do carro, viu a pista ao contrário e deixou a ponta com Button. Ele chegou a reconquistar a primeira colocação, mas foi punido por ter realizado manobra arriscada para realinhar o carro durante a rodada. Quem comemorou foi Button, que herdou a primeira colocação e se sustentou para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar. (Com GazetaPress)

Continua após a publicidade
Publicidade