Clique e assine com até 92% de desconto

Button diz que erro da McLaren tirou chance de vitória

Por Da Redação 15 abr 2012, 12h40

Por AE

Xangai – O inglês Jenson Button avaliou que um erro cometido pela McLaren durante o seu terceiro pit stop o impediu de lutar pela vitória no GP da China, disputado neste domingo, no circuito de Xangai. O incidente fez Button perder aproximadamente dez segundos e o impediu de pressionar o alemão Nico Rosberg, que venceu a corrida. Assim, ele precisou se contentar com a segunda posição.

“Quem sabe o que poderia ter alcançado se tivesse pista livre na parte final? Nosso ritmo estava muito bom e o objetivo era sair na frente desse pelotão de carros, o que teríamos feito se não tivesse perdido tempo no pit stop, e persegui-lo e colocá-lo sob pressão. O tempo perdido na parada final foi apenas uma dessas coisas que acontecem”, disse.

Com o tempo perdido, Button precisou disputar posições com Sebastian Vettel, Mark Webber, Lewis Hamilton, Romain Grosjean e Kimi Raikkonen. Mas ele teve sucesso e obteve o segundo lugar. “O atraso me colocou de volta no tráfego, o que foi um pequeno choque, mas com o ritmo e a consistência que o carro tinham, eu pude voltar à segunda posição, depois de uma boa batalha e uma ultrapassagem satisfatória sobre Sebastian (Vettel). É decepcionante não ter sido capaz de lutar pela vitória, mas foi uma corrida divertida com várias ultrapassagens e muita luta”, afirmou.

Button ressaltou que a McLaren deixa a China na liderança do Mundial de Pilotos, com Hamilton, e do Mundial de Construtores. “Mais importante, foi um grande dia para a McLaren, porque agora estamos liderando ambos campeonatos mundiais. É muito importante ser consistente, e é bom estar de volta ao pódio, mas há apenas algumas pequenas coisas que precisamos melhorar para tornar a vida ainda melhor para nós”, comentou.

Continua após a publicidade
Publicidade