Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Buscando reação no Estadual, Fluminense encara a sensação Macaé

O Fluminense, embalado pela vitória sobre o Zamora (VEM) na Libertadores, volta as suas atenções para a Taça Rio. Neste sábado, pela quarta rodada, o Tricolor enfrenta o Macaé em Moça Bonita, campo do Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, pressionado pela necessidade de vitória.

Com apenas três pontos conquistados no Grupo B, o time das Laranjeiras está fora da zona de classificação para as semifinais. Um tropeço pode deixar o campeão da Taça Guanabara em situação delicada.

Além da necessidade de vitória, o Fluminense terá pela frente uma verdadeira pedreira. O Macaé é o único time com cem por cento de aproveitamento nesta Taça Rio, tendo vencido os três primeiros jogos e liderando de forma isolada o Grupo A, com nove pontos. O técnico Abel Braga tem consciência das dificuldades que esperam a sua equipe.

‘O Macaé não está fazendo esta campanha por acaso. Tem um grupo de qualidade, uma boa estrutura e se preparou para a disputa do Campeonato Carioca. O time joga a Série C do Brasileiro e vem subindo de produção a cada temporada. Está colhendo os frutos e com certeza vai nos trazer muitas dificuldades. Será um jogo muito complicado, que tem tudo para ser disputado debaixo de forte calor e, portanto, temos que estar bem preparados para conseguirmos o resultado que nos interessa’, disse Abel Braga.Como o Fluminense só vai jogar novamente pela Copa Libertadores no dia 28 de março, o treinador deverá escalar a maioria dos titulares, ao contrário do que fez na derrota de 2 a 0 para o Flamengo. Dessa maneira, serão preservados apenas o volante Diguinho, que enfrentou os flamenguistas, e o meia Deco e o atacante Fred, que fazem trabalho em especial para evitar lesões.

Pelo lado do Macaé, o técnico Toninho Andrade prefere manter a cautela em relação às chances de sua equipe disputar as semifinais. Isso por conta dos próximos compromissos da equipe na Taça Rio.

‘Nós não podemos fazer nenhum tipo de prognóstico neste momento, pois o fato de termos cem por cento de aproveitamento e estarmos na liderança isolada não nos garante nada neste momento. Teremos uma sequência bem complicada pela frente. Vamos enfrentar Fluminense, Vasco e até mesmo equipes desesperadas na luta contra o rebaixamento. Portanto, temos que pensar em um compromisso de cada vez e o nosso objetivo é derrotar o Fluminense, o que está longe de ser uma tarefa muito tranqüila’, disse Toninho Andrade.

O treinador do Macaé não quis antecipar a escalação que pretende mandar a campo, mas deverá manter o time que derrotou o Friburguense na rodada passada por 3 a 1, com direito a um show do atacante Josiel, ex-Flamengo, autor dos três gols do confronto. O artilheiro, por sinal, forma uma perigosa dupla de frente com o veloz Pipico que, no ano passado, foi apontado como um dos melhores atacantes do Campeonato Carioca. Na ocasião ele defendia o Bangu.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE X MACAÉ

Local: Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 17 de março de 2012, sábado

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Maurício Coelho Júnior (RJ)

Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Rodrigo Henrique Correa (RJ)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Anderson, Leandro Euzébio e Carlinhos; Valencia, Jean, Lanzini e Wagner; Wellington Nem e Rafael Moura

Técnico: Abel Braga

MACAÉ: Luis Henrique; Valdir, Ramon, Douglas Assis e Carlos Alberto; Gedeil, Wagner, André Gomes e Wallacer; Pipico e Josiel

Técnico: Toninho Andrade