Clique e assine com 88% de desconto

Bruno Senna reclama de pneus em corrida frustrante

Por Da Redação - 10 jun 2012, 19h22

O brasileiro Bruno Senna não saiu satisfeito do Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1, em que foi apenas o 17colocado. Ele largou uma posição à frente, mas não conseguiu encontrar bom ritmo em seu carro durante a prova e acabou reclamando do rendimento dos pneus.

O venezuelano Pastor Maldonado, seu companheiro na Williams, saiu em 22 , mas conseguiu um acerto melhor e ganhou nove posições. Mesmo assim, acabou em 13em um fim de semana frustrante para o time britânico.

‘Os pneus estavam muito estranhos. No começo, o carro não parava na pista. Quando coloquei os macios, tudo voltou ao normal, mas não éramos rápidos e tudo fica mais difícil quando se está andando lá atrás’, afirmou Senna, que largou com os compostos supermacios e fez apenas uma parada nos boxes.

A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 é o Grande Prêmio da Europa, em Valência, pista em que o brasileiro tem mais experiência do que a da corrida deste domingo. Em Montreal, ele utilizou quase toda a primeira sessão de treinos livres de sexta-feira para se habituar ao circuito.

Publicidade

‘Agora é bola pra frente. Valência tem muito mais curvas do que Montreal e nosso carro deverá ir melhor lá. Agora já tenho experiência de treinos e corrida em Montreal e ela será muito útil no futuro’, avaliou o brasileiro. No primeiro treino livre da Espanha, seu carro será dirigido pelo finlandês Valtteri Bottas, reserva da Williams.

Publicidade