Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bruno Senna reclama de bandeira amarela no Q2: Passaria facilmente

O brasileiro Bruno Senna saiu do treino classificatório para o Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 reclamando de uma bandeira amarela agitada nos segundos derradeiros do Q2, neste sábado. O piloto da Williams fazia sua última tentativa de avançar à fase final da atividade, mas teve que tirar o pé do acelerador no fim da volta porque o francês Romain Grosjean estava parado na caixa de brita após escapar em uma curva.

O treino em Silverstone foi cheio de imprevistos neste sábado. O Q2 foi paralisado por 1h30min por causa da forte chuva que atingiu o circuito inglês. Quando as atividades foram retomadas, com 6min29s de disputa, a pista estava em condição muito superior ao do início da sessão, o que fez todos os pilotos irem à pista ao mesmo tempo para baixar suas marcas.

‘Foi muita infelicidade. Eu entraria tranquilamente na última parte do treino’, disse Bruno Senna, que encerrou o treino com o 15tempo, mas pode largar em 13por punições a Nico Hulkenberg, por troca da caixa de câmbio, e Kamui Kobayashi, por provocar acidente no Grande Prêmio da Europa. A posição oficial de largada só será divulgada na manhã de domingo pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA);

O companheiro do brasileiro na Williams, o venezuelano Pastor Maldonado, mais uma vez teve êxito em avançar ao Q3 e largará da sétima colocação neste domingo em Silverstone, logo à frente do britânico Lewis Hamilton.

‘Hoje foi um daqueles dias no automobilismo em que a sorte não está do nosso lado. Estou chateado e decepcionado, porque tinha ritmo para me classificar bem’, comentou Bruno Senna, avaliando também que o carro da Williams deve ter melhor desempenho se a pista estiver seca durante a corrida.