Clique e assine com até 92% de desconto

Brigando pela ponta, Vasco enfrenta o ameaçado Botafogo

Por Da Redação 6 ago 2011, 20h30

Embalado pelas vitórias sobre Santos e São Paulo, o Vasco, que soma 27 pontos, quer encostar ainda mais na liderança do Campeonato Brasileiro e, para isso, tenta derrotar um tradicional rival, o Botafogo, no clássico carioca deste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, em confronto válido pela 15rodada.

A tarefa, porém, não será das mais tranquilas, pois o Glorioso, que tem 22 pontos e mira a zona de classificação para a Copa Libertadores, tenta se recuperar da derrota por 2 a 0 para o Figueirense, e vai fazer de tudo para evitar um novo tropeço, que poderia escancarar uma em General Severiano.

Apesar da consciência das dificuldades deste clássico, o Vasco realmente trabalha com o pensamento de uma vitória. Isso porque o técnico Ricardo Gomes pretende ver a sua equipe lutando em cada partida do Campeonato Brasileiro como se fosse uma decisão. Para ele, esta é a melhor maneira de se encarar a disputa no sistema de pontos corridos.

‘Não queremos ficar em uma zona de conforto dentro do Campeonato Brasileiro. Queremos ganhar os nossos jogos para poder conquistar o título e essa é a nossa meta. Não vejo motivo para jogarmos fora um semestre de trabalho apenas porque estamos garantidos na Copa Libertadores e porque ganhamos a Copa do Brasil. É muito complicado se manter na parte de cima da tabela de classificação e para isso acontecer, somente encarando cada partida como uma decisão. Contra o Botafogo não será diferente’, disse Ricardo Gomes.

A ideia de pensar em cada jogo como uma decisão é compartilhada por Caio Junior, comandante do Botafogo, que entende que sua equipe deve esquecer o que aconteceu contra o Figueirense e pensar apenas em derrotar o Vasco.

‘Do mesmo jeito que não ficamos comemorando a difícil vitória contra o Cruzeiro em Minas Gerais, no domingo passado, não vamos ficar lamentando o que aconteceu em Santa Catarina. O nosso foco já está no clássico contra o Vasco. O Campeonato Brasileiro é rápido no sentido de deixar os resultados para trás. Temos que fazer o nosso melhor contra o Vasco e buscar três pontos’, disse Caio Junior.

Porém a boa fase dos vascaínos é motivo de preocupação em General Severiano. Na visão do zagueiro Antônio Carlos, o Botafogo vai encontrar muitas dificuldades para conter a linha de frente do Cruz-maltino.

‘O Vasco tem um time muito bom e com jogadores que sabem dar ritmo ao jogo. A linha de frente é por demais perigosa. Muitos atletas para nos preocuparmos. Tem Felipe, Juninho, Diego Souza, Eder Luis, Alecsandro, enfim, uma gama de boas opções e todo o cuidado será pouco. Mas o Botafogo também tem as suas virtudes e vamos em busca de três pontos’, disse Antônio Carlos.

A preocupação dos botafoguenses com os vascaínos é recíproca. Na visa dos atletas do Vasco, o Glorioso tem um time que pode surpreender ainda mais neste Campeonato Brasileiro e a derrota em Santa Catarina não ilude ninguém em São Januário.

‘O Botafogo tem jogado bem mesmo quando é derrotado. Além disso, tem feito grandes jogos, como contra Cruzeiro e São Paulo. Não vamos levar em consideração uma derrota contra o Figueirense, em um jogo isolado, para esperarmos facilidades. Muito pelo contrário, teremos um adversário disposto a buscar uma reação. Tudo isso com a rivalidade entre os clubes, que sempre é um ingrediente que complica ainda mais as coisas’, analisou o atacante Eder Luis.

Para este compromisso, o Vasco tem o desfalque do volante Eduardo Costa, com lesão na parte posterior da coxa direita. Ele vai dar vaga a Juninho Pernambucano, recuperado de cansaço muscular. Mesmo com Márcio Careca e Julinho, que estavam suspensos, ficando à disposição, o volante Jumar deverá ser mantido na lateral esquerda, pois vem agradando Ricardo Gomes.

Continua após a publicidade

Pelo lado do Botafogo, Caio Junior fará apenas uma alteração em relação ao time que foi derrotado pelo Figueirense. Expulso em Santa Catarina, o apoiador Maicosuel cumpre suspensão e dá vaga a Felipe Menezes.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X VASCO

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 7 de agosto de 2011 (Domingo)

Horário: 18h30(de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Assistentes: Rodrigo Jóia (Fifa-RJ) e Dibert Moises (Fifa-RJ)

BOTAFOGO: Jéfferson; Alessandro, Antônio Carlos, Gustavo e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Felipe Menezes e Elkeson; Herrera e Loco Abreu

Técnico: Caio Junior

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Anderson Martins e Jumar; Rômulo, Juninho Pernambucano, Felipe e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro

Técnico: Ricardo Gomes

Continua após a publicidade
Publicidade