Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Breno é advertido por presidente do Bayern após reclamação

Após desabafar no Twitter por ter participado de um amistoso com a equipe B do Bayern de Munique, o zagueiro Breno foi repreendido pela diretoria do clube alemão, mas acabou não sofrendo nenhuma punição. Segundo nota divulgada no site oficial do time bávaro, o brasileiro pediu desculpas ao técnico Jupp Heynckes e ao presidente Karl-Heinz Rummenigge e acabou recebendo apenas uma advertência.

Sem ter disputado nenhuma partida na equipe principal nesta temporada, Breno jogou os 90 minutos do amistoso do time B do Bayern diante do modesto Wacker Burghausen, da Terceira Divisão Alemã, enquanto o grupo principal participava da intertemporada no Catar, e não conteve sua insatisfação na segunda-feira.

‘Não estou querendo falar mal do time B, mas estou indo fazer um amistoso. Que fase que eu estou passando. O Bayern está de sacanagem comigo’, escreveu o jogador em seu microblog.

Após conversar com o brasileiro, o presidente do Bayern de Munique lembrou que Breno foi escalado para atuar entre os reservas para obter ritmo de jogo, visando seu retorno à equipe principal.

‘O treinador está muito satisfeito com o seu desenvolvimento. Breno tem treinado muito bem, seu peso e sua motivação são perfeitos. Ele realmente vem fazendo tudo para voltar a jogar’, disse Rummenigge.

Além da má fase dentro de campo e das seguidas lesões no joelho, Breno é investigado pela polícia alemã por suspeita de ter colocado fogo em sua própria casa. Sem permissão para deixar a Alemanha, o zagueiro não pôde participar da intertemporada no Catar e ainda teve que abandonar a pretensão de voltar a atuar pelo São Paulo no início deste ano.