Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasileiro Faverani faz estreia discreta pelo Boston Celtics

No primeiro jogo no basquete profissional americano, pivô marcou 2 pontos

Por Da Redação 8 out 2013, 11h17

Ainda que de forma discreta, mais um brasileiro teve a oportunidade de vestir a tradicionalíssima camisa do Boston Celtics. Na noite de segunda-feira, Vitor Faverani, pivô de 25 anos, fez sua estreia pela nova equipe – e logo notou que sua primeira temporada na NBA não será nada fácil. Ele anotou dois pontos e pegou três rebotes em dez minutos em quadra durante a derrota da equipe da casa para o Toronto Raptores, por 97 a 89, em pleno ginásio TD Garden, na abertura da pré-temporada. O Celtics é o maior campeão da história da liga, mas atravessa uma fase de renovação.

Time com maior média de idade da NBA na temporada passada, o Boston Celtics não manteve suas estrelas e limpou a folha salarial. Em busca de uma reformulação do elenco, pensando mais na próxima temporada do que nesta, foi atrás de novos nomes, entre eles Faverani, destaque de 2,10 metro do Valencia Basket, na Liga Espanhola. A chegada de Faverani, rejeitado no Draft de 2009, acabou fechando as portas para Fab outro brasileiro, Fab Melo, que foi escolhido no Draft da temporada passada, mas só jogou seis jogos em Boston.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O pivô passou pelo Washington Grizzlies e começa a pré-temporada no Dallas Mavericks. Nesta segunda, ficou no banco diante do New Orleans Pelicans e não chegou a entrar em quadra. Ele precisa mostrar serviço para ficar entre os quinze jogadores do elenco para a temporada regular. A rodada desta segunda teve como destaque a vitória do CSKA Moscou sobre o Minnesota Timberwolves, em Minneapolis. Em 2010, ao bater o Cavaliers em Cleveland, os russos conquistaram uma marca importante: o CSKA foi o primeiro time a derrotar uma franquia da NBA nos EUA.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade