Clique e assine a partir de 8,90/mês

Brasileiro do tiro ganha bronze e não leva vaga olímpica

Por Da Redação - 18 out 2011, 18h00

Por AE

Guadalajara – O brasileiro Julio Almeida conquistou, nesta terça-feira, a sua segunda medalha no tiro esportivo dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara ao ficar com o bronze na disputa da pistola 50 metros. A terceira colocação, porém, mais uma vez não foi suficiente para classificá-lo à Olimpíada de Londres, acabando com o sonho olímpico do brasileiro, que participou de três provas nos Jogos de Pequim.

Julio Almeida somou 639,9 pontos na final da pistola livre 50 metros, nesta terça-feira, para ficar com a medalha de bronze. O norte-americano Daryl Szarenski faturou a prata com apenas 0,1 ponto a mais: 640. O ouro e a única vaga olímpica em jogo ficou com o guatemalteco Sérgio Sanchez, que marcou 648,9 pontos. Outro brasileiro na final, Stenio Yamamoto, terminou em sétimo lugar, com 631,5.

A medalha pan-americana conquistada nesta terça-feira é a quinta da carreira de Julio Almeida, a segunda dele em Guadalajara. No domingo, ele já havia faturado o bronze na pistola de ar 10 metros. Ele precisava ser medalhista de ouro para ter conquistado a vaga olímpica. O brasileiro não tem mais chances de se classificar para a Olimpíada de Londres.

FEMININO – Entre as mulheres, foi realizada nesta terça-feira a disputa da fossa olímpica. A melhor brasileira na prova foi Karla de Bona, que terminou na quinta posição ao somar 83 pontos. Janice Teixeira terminou em nono, com 58. O ouro e a vaga olímpica foi para Miranda Wilder, dos EUA, seguida da canadense Lindsay Boddez e pela também norte-americana Kayle Browning, medalhistas de prata e bronze, respectivamente.

Continua após a publicidade
Publicidade