Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Brasileiro conquista o outro no salto em distância no Mundial Indoor

Por Da Redação - 10 mar 2012, 16h26

Istambul, 10 mar (EFE).- O brasileiro Mauro Vinícius da Silva conquistou neste sábado a medalha de ouro no salto em distância do Mundial Indoor de Atletismo, disputado na Atakoy Arena, em Istambul, ao anotar a marca de 8m23, um dia depois de ter feito durante as eliminatórias o melhor registro do ano (8m28).

A marca de Mauro Vinícius foi a mesma do australiano Henry Frayne. No entanto, o brasileiro levou a melhor por ter repetido os 8m23 na última tentativa, enquanto Frayne tinha o salto de 8m17 para desempate.

A disputa foi tão equilibrada que o medalhista de bronze, o russo Aleksandr Menkov, saltou 8m22, apenas um centímetro a menos que os dois primeiros colocados.

Por sua vez, o americano Justin Gatlin, medalhista de ouro nos 100 metros nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e campeão mundial nos 100 e nos 200 metros em 2005, antes de cumprir quatro anos de suspensão por doping, culminou sua redenção com a medalha de ouro nos 60 metros rasos.

Publicidade

Gatlin marcou o tempo de 6s46, contra 6s54 do jamaicano Nesta Carter, segundo colocado. O bronze foi para o britânico Dwain Chambers, com 6s60.

O americano teve problemas com doping duas vezes. Em 2001, ele deu positivo para anfetaminas no nacional júnior, mas a Federação Internacional de Atletismo (IAAF) cancelou a suspensão de dois anos imposta ao atleta por considera que a substância foi consumida para o tratamento de uma doença.

No entanto, em 2006, após igualar o recorde mundial dos 100 metros, com 9s77, Gatlin deu positivo para testosterona e foi suspenso por oito anos, mas depois a pena foi reduzida para quatro. EFE

jad/dr

Publicidade