Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil vence Japão de virada, mas é eliminado do Mundial de Vôlei

Seleção feminina buscava título inédito, mas deixou a competição em Nagoya na segunda fase

A seleção brasileira feminina de vôlei venceu o Japão por 3 sets a 2, de virada, com parciais de 23/25, 16/25, 28/26, 25/21 e 15/11, nesta quinta-feira, na cidade japonesa de Nagoya, mas se despediu do Campeonato Mundial e ampliou o seu histórico jejum de títulos na competição.

Por causa do saldo de sets inferior ao das adversárias, o Brasil entrou em quadra com a obrigação de superar as japonesas por 3 a 0 e viu o sonho da classificação à próxima fase do torneio realizado no país das suas rivais ruir com a derrota sofrida já na primeira parcial.

Bicampeã olímpica, com os ouros obtidos em Pequim-2008 e Londres-2012, a seleção feminina almejava o inédito título mundial. Porém, pagou o preço pelo desempenho irregular no torneio. Em nove jogos na competição, o Brasil ganhou sete, mas sofreu uma derrota inesperada diante da Alemanha, perdeu de 3 a 0 da Sérvia e chegou a ceder um set para a modesta equipe do México.

O time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães também superou Porto Rico, República Dominicana, Quênia, Casaquistão, México e Holanda em sua campanha no Japão e terminou a segunda fase do Mundial em quarto lugar do Grupo E, com 20 pontos.

Mesmo com a derrota, a seleção japonesa avançou ao estágio seguinte da competição como vice-líder da chave, com 22 pontos, atrás apenas da Holanda, que se garantiu no topo, com 24, ao derrotar a Sérvia por 3 sets a 0 em outro confronto realizado nesta quinta-feira. As sérvias entraram em quadra com classificação assegurada à próxima fase por antecipação e ficaram na terceira posição.