Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil supera traumas e elimina Argentina do Mundial

Com grande atuação, brasileiros vencem por 85 a 65 e avançam às quartas de final. Próximo adversário será a selação da Sérvia

A seleção brasileira masculina de basquete deixou para trás um incomodo histórico contra a Argentina e eliminou os rivais do Mundial da Espanha com uma vitória incontestável por 85 a 65, na noite deste domingo, no Palácio dos Esportes de Madri. Depois de duas eliminações consecutivas para a Argentina (na mesma competição, em 2010, e nas Olimpíadas de Londres, em 2012), o Brasil entrou motivado a superar os traumas e não deu chances ao adversário no jogo válido pelas oitavas de final da competição.

A Argentina começou melhor a partida e chegou a abrir oito pontos de vantagem, mas o Brasil logo se recuperou e chegou à vitória com propriedade. O destaque e maior pontuador da partida foi o armador Raulzinho. Uma das apostas do técnico Ruben Magnano, que é argentino, ele marcou 21 pontos em 24 minutos em quadra. Pelo lado argentino, Prigioni foi o melhor, com 18 pontos.

Leia também

EUA e França passam para as quartas de final no Mundial

Brasil atropela Egito e avança em 2º do grupo no Mundial

Após ‘apagão’, seleção brasileira derrota a Sérvia: 81 a 73

Decisivo na derrota de quatro anos atrás, quando fez 37 pontos, o ala-pivô Luis Scola foi muito bem marcado e fez apenas nove pontos desta vez. Nervoso, ele errou cinco de dez lances livres. O jogador do Indiana Pacers era um dos quatro remanescentes do ouro em Atenas 2004, ao lado dos alas Andrés Nocioni e Walter Herrmann e do armador Pablo Prigioni.

Nas quartas de final, o Brasil reencontrará na próxima quarta-feira a Sérvia, seleção que eliminou a Grécia com uma vitória por 90 a 72. Na primeira fase, a equipe brasileira venceu os europeus por 81 a 73. Quem avançar enfrentará o vencedor de Espanha e França na semifinal.

(Com agência EFE)