Clique e assine com até 92% de desconto

Brasil sofre segunda derrota no vôlei feminino

Por Da Redação 1 ago 2012, 20h55

A seleção feminina do Brasil, atual campeã olímpica, sofreu nesta quarta-feira sua segunda derrota nos Jogos de Londres, ao perder por 3 sets a 0 para a Coreia do Sul, da estrela Kim Yeon-Koung. As sul-coreanas liquidaram o Brasil por 25-23, 25-21 e 25-21.

A derrota desta quarta-feira se soma à sofrida na segunda, contra os Estados Unidos, também por 3 sets a 0, e as brasileiras enfrentam agora a seleção da China por sua sobrevivência no torneio.

As sul-coreanas pegam a Turquia na próxima rodada.

O Brasil começou bem nesta quarta-feira, com um jogo organizado e produtivo, mas logo se perdeu em quadra e voltou a cometer os erros das partidas anteriores, enquanto Kim liderava as sul-coreanas com um vôlei de boa técnica e força.

Absoluta da quadra, Kim somou o total de 21 pontos: “queria vencer esta partida, era muito importante, mas não fui apenas eu, também tivemos outros destaques que tornaram nossa vitória mais fácil”.

Para o Brasil, o destaque foi Fernanda Rodrigues, que usou sua potência para vencer o bloqueio sul-coreano e marcar 10 pontos. Seilla Castro, com 16 pontos, também se salvou do desastre.

O segundo set foi o mais disputado, com as meninas do Brasil lutando ponto a ponto e Fernanda se destacando por sua força, mas os erros se repetiam no lado brasileiro.

Continua após a publicidade

Fabiana Oliveira fez uma jogada espetacular para empatar o set em 12 a 12, e ‘Fabí’ se lançou para pegar uma bola que Fernanda Rodrigues terminou arrematando, mas no momento decisivo, o time liderado por Kim se superou ao acertar o bloqueio e a pontaria para fechar o set.

“Vamos meninas, este é o set. Vamos virar isto de qualquer maneira”, disse o técnico José Roberto Grimarães no tempo técnico, mas a irregularidade do Brasil e o jogo efetivo das adversárias não permitiram a reação.

Assim, a Coreia abriu 17-11 no terceiro set, a maior vantagem da partida, e apesar da tentativa do Brasil de reagir, Kim estava inspirada e impediu qualquer surpresa.

O público, que torcia abertamente para o Brasil e gritou ponto a ponto,

acabou desanimado, como as meninas da seleção brasileira.

“Estou acabada, não esperávamos este resultado. Agora é preciso pensar no futuro. Não estão acreditando na gente, mas não vamos desistir. Não sei explicar o que houve”, disse Jaqueline Carvalho quase em lágrimas.

Segundo Fernanda, “agora só podemos pensar em vencer” e “acreditar firmemente” na medalha.

Fabí admitiu que “isto não estava nos planos, mas vamos lutar. Hoje foi uma partida excelente para a Coreia, que estava inspirada”.

Continua após a publicidade
Publicidade