Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Brasil perde para a Argentina e cai para segunda posição

Seleção brasileira ainda perdeu Neymar para a próxima partida da competição

Por Da Redação 7 fev 2011, 03h12

A Argentina venceu na noite deste domingo por 2 a 1 o clássico sul-americano contra o Brasil pelo Sul-Americano Sub-20 de futebol, retomando sua aspiração de se classificar para o Mundial da categoria e para os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Em partida disputada na cidade de Arequipa, no Peru, com gols de Rogelio Funes Mori e Juan Iturbe, os argentinos conseguiram parar o invicto Brasil, que descontou com um golaço de William e jogou quase toda a partida com dez homens em campo.

O jogo foi disputado desde o primeiro minuto, com chances de gol para ambos os lados. Primeiro o Brasil sofreu rapidamente a perda de Bruno Uvini, que aos quatro minutos de jogo se lesionou e teve que ser substituído por Saimon. Um minuto depois aconteceu um escanteio a favor da Argentina que, no meio da disputa entre zagueiros e atacantes, terminou em uma cotovelada de Juan em Funes Mori, que o árbitro colombiano Wilmar Roldán apitou como pênalti. No lance Juan também foi expulso, o que foi um duro golpe para os brasileiros, que aos sete minutos já estavam perdendo por 1 a 0, pois Funes Mori bateu e converteu o pênalti.

O astro brasileiro Neymar tentou então levar a equipe nas costas, mas as constantes faltas que sofreu fizeram com que dedicasse mais tempo a reclamar da arbitragem que levar perigo ao gol adversário. Os minutos seguintes foram de um jogo impreciso e com muito atrito, mas o Brasil demonstrou sua intenção de não baixar a guarda perante uma Argentina que começou a ceder espaço para buscar algum contra-ataque para Funes Mori ou Iturbe.

No entanto, Neymar esteve a ponto de vencer Andrada com uma cabeçada que foi tirada no último instante pelo eficiente goleiro argentino. No segundo tempo, os brasileiros tentavam equilibrar o jogo apesar da desvantagem de jogadores em campo, mas quase sofreram o segundo gol, quando Funes Mori roubou uma bola e chegou batendo, mas Gabriel fez boa defesa.

Continua após a publicidade

Nos minutos seguintes, Lucas chegou bem na área adversária e seu chute foi defendido por Andrada. Mas aos dez minutos do segundo tempo o bom jogo brasileiro encontrou sua recompensa em um chutaço de William, que não deu chance para a defesa de Andrada.

Quando o Brasil lutava para ir à frente e inclusive não demonstrava sentir a inferioridade numérica, apareceu Juan Iturbe, que, após vencer a defesa, marcou o gol da vitória argentina com um chute cruzado.

A última chance clara do Brasil foi aos 41 minutos do segundo tempo, quando Casemiro chutou uma bola no travessão.

O resultado permitiu à Argentina somar seis pontos, os mesmos do Brasil. O Uruguai está com sete após derrotar por 1 a 0 o Chile.

(com Agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês