Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil perde e dá adeus ao Mundial de Vôlei

Equipe dos EUA vence a brasileira por 3 sets a zero e avança à final no Campeonato

O sonho brasileiro de conquistar seu primeiro título no Mundial Feminino de Vôlei foi adiado mais uma vez. Depois de realizar uma campanha perfeita até as semifinais, a seleção brasileira parou a um passo da decisão ao perder para os Estados Unidos por 3 sets a 0. As parciais da partida, que durou 1 hora e 33 minutos, foram 25/18, 29/27 e 25/20. A competição acontece em Milão, na Itália. Agora, a seleção americana disputará a final neste domingo contra o vencedor da outra semifinal, que vai ser realizada neste sábado entre a anfitriã Itália e a China. A equipe derrotada deste jogo será a adversária do Brasil na disputa pelo terceiro lugar.

Atual bicampeã olímpica, a seleção brasileira chegou ao Mundial como forte candidata ao título após ser campeão do Grand Prix. Mas ao contrário do que aconteceu nas duas edições anteriores do torneio, em 2006 e em 2010, o Brasil não conseguiu se classificar para a decisão – a equipe também disputou a final em 1994, sendo derrotada em todas elas.

Leia mais:

Brasil avança invicto à semifinal no Mundial de Vôlei

Brasileiras vencem Turquia de virada no Mundial de Vôlei

Troféus do Mundial de vôlei são roubados no Rio

O confronto entre as seleções de Brasil e Estados Unidos já havia acontecido nesta edição do Mundial, na segunda fase. Naquela oportunidade, as brasileiras triunfaram por 3 sets a 0, mas como já estavam classificadas, as duas equipes não utilizaram a força máxima. Essa vitória foi uma das 11 que o Brasil teve, até agora, no Mundial. A equipe se classificou de forma invicta para as semifinais.

Neste sábado, o técnico José Roberto Guimarães escalou Dani Lins, Sheilla, Fernanda Garay, Jaqueline, Fabiana e Thaísa como titulares, além da líbero Camila Brait. MasTandara, Fabíola, Natália e Gabi também entraram em quadra durante a partida. Thaísa marcou 14 pontos para o Brasil, dois a mais do que Jaqueline. As norte-americanas Larson, Hill e Akinradewo foram as principais pontuadoras da partida, todas elas com 15 pontos.

(Com Estadão Conteúdo)