Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Brasil goleia Chile e leva título no futebol feminino

Placar ficou em 5 a 0; Marta dedicou conquista às brasileiras que venceram o Mundial de handebol, neste domingo

Por Da Redação - 22 dez 2013, 18h48

A seleção brasileira de futebol feminino goleou o Chile por 5 a 0, neste domingo, no Estádio Nacional de Brasília, e ficou com o título da quinta edição do Torneio Internacional. Essa é a quarta vez que o Brasil conquista a competição, depois de ter levantado a taça também em 2009, 2011 e 2012. Apenas em 2010, quando o Canadá foi campeão, o troféu ficou com uma nação estrangeira.

Antes de golear as chilenas, a equipe nacional já havia superado as adversárias por 2 a 0 na primeira fase. Devido a um melhor desempenho no estágio anterior do torneio, na qual acumulou duas vitórias em um empate, a seleção precisava de apenas um empate para ficar com o título neste domingo, mas jogou de forma ofensiva e atropelou as rivais.

O primeiro gol do jogo saiu logo aos 8 minutos, quando Formiga aproveitou rebote de falta batida por Andrea que acertou o travessão e cabeceou para as redes.

Leia também:

Publicidade

Brasil maltrata atletas, mas tentará receber Copa feminina

Seleção feminina fatura bicampeonato da Copa dos Campeões

Bola de Ouro: Cristiano, Messi e Ribéry são os 3 finalistas

Já Marta, grande estrela do Brasil, se redimiu de boa chance perdida aos 30 minutos ao marcar o segundo gol da partida aos 41. A camisa 10, uma das três concorrentes ao prêmio de melhor jogadora do mundo de 2013 que será eleita pela Fifa, recebeu a bola pelo meio e chutou com categoria no canto direito baixo da goleira chilena.

Publicidade

Aos 11 minutos da etapa final, Marta voltou a aparecer com destaque ao enfiar bela bola para Debinha, que foi abafada pela goleira chilena dentro da grande área. No rebote, porém, Darlene chutou de primeira de fora da área para fazer 3 a 0.

O Brasil começou a transformar a vitória em goleada aos 31 minutos. Após cruzamento de Formiga da direita, Cristiane aproveitou sobra na pequena área e a saída ruim da goleira chilena para tocar a bola para o gol vazio. E, finalmente aos 40 minutos, Debinha deu números finais ao jogo.

Depois do duelo, Marta dedicou a conquista à seleção brasileira feminina de handebol, que horas mais cedo faturou um histórico e inédito título mundial para o país ao vencer a Sérvia por 22 a 20, em Belgrado. “Esse gol é para as meninas do handebol. Elas estão de parabéns por esse título mundial, um título que o futebol feminino também almeja”, ressaltou Marta, em entrevista para a TV Bandeirantes.

As brasileiras, que chegaram a protagonizar momentos de discussão com as chilenas durante a partida deste domingo, comemoraram de forma efusiva este título em Brasília.

Publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade