Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil fatura vagas na Olimpíada em duas classes no Mundial de Vela

Dupla de ouro na classe 49er FX em 2016 e membro da classe Laser estarão em Tóquio

A vela brasileira assegurou nesta quinta-feira duas vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. No Mundial de Aaarhus, na Dinamarca, João Pedro Souto de Oliveira fechou a disputa da classe Laser na 19ª posição, suficiente para se classificar para o evento no Japão, assim como fizeram Martine Grael e Kahena Kunze, dupla medalha de ouro no Rio de Janeiro em 2016, na 49er FX – elas avançaram em sexto lugar para a disputa do título mundial, na chamada medal race.

“Durante a semana inteira as regatas foram bem difíceis. Estamos felizes por ter cumprido nosso objetivo, que era classificar o país, e depois ainda ter chance de melhorar mais um pouquinho na medal race”, afirmou Martine.

Veja também

Na Laser, João Pedro foi o sexto colocado na última regata classificatória e saltou da 29ª para a 19ª posição. O Mundial distribui vagas nessa classe para a Olimpíada, mas apenas uma por país, deixando-o com a vaga brasileira. Bruno Fontes, na 30ª posição, e Lucas Bueno, na 154ª, ficaram fora.

Vagas olímpicas – Com as classificações nas classes Laser e 49er FX, o Brasil já garantiu três representantes na vela na Olimpíada de Tóquio. A seleção de futebol feminino também obteve vaga com a conquista da Copa América, em abril.