Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil fatura bronze no CCE e garante 5 na Olimpíada

Por AE

Guadalajara – Antes do Pan, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) afirmava que a grande preocupação em Guadalajara era classificar o maior número possível de atletas para os Jogos Olímpicos de Londres, no ano que vem. Neste domingo, o País garantiu mais cinco atletas na Olimpíada londrina ao ficar com a medalha de bronze por equipes no CCE, conjunto completo de equitação, prova que reúne adestramento, cross country e saltos. No Rio, há quatro anos, o Brasil também havia conquistado o bronze nesta prova.

Ficaram à frente do Brasil em Guadalajara os times dos Estados Unidos e do Canadá. Ambos já estava classificados a Londres pelas posições alcançadas no Mundial do ano passado. Assim, a equipe brasileira, terceira colocada, ficou com uma das vagas que estavam em jogo no Pan. A outra ficou com a Argentina, quarta colocada.

Formada por Jesper Martendal, Marcelo Tosi, Márcio Jorge, Ruy Fonseca Filho e Serguei Fofanoff, a equipe brasileira somou 209.80 pontos perdidos na soma das três provas dos CCE. O ouro ficou com os EUA, que tiveram 138.60 pontos. Para chegar à prata, o Canadá perdeu 173.50 pontos.

“Estamos todos muito contentes. A equipe se apresentou muito bem e podemos dizer que foi uma vitória da superação. Ontem (sábado) tivemos a queda do Ruy (o atleta foi desqualificado) e hoje a égua do Guega (Serguei Fofanoff) acordou sentindo um pouco. Os veterinários fizeram um tratamento intensivo e ela conseguiu se recuperar a tempo de passar na inspeção. Caso contrário, estaríamos fora da competição (o país já havia usado seus dois descartes). Foi uma vitória da união do grupo e isso realmente é muito emocionante”, diz o presidente da Confederação Brasileira de Hipismo, Luiz Roberto Giugni.

“Agora é continuar o trabalho rumo às Olimpíadas. O CCE brasileiro vem crescendo, acabamos de renovar com o (técnico inglês) Nick Turner e o objetivo é seguir com a mesma filosofia de treinamento e trabalho, pois acreditamos que estamos no caminho certo. Toda a equipe está de parabéns”, completou Giugni.

No individual, o Brasil ficou sem medalhas. A canadense Jessica Phoenix faturou o ouro, com Sue Hannah Burnett e Bruce Davidson Jr, ambos dos EUA, completando o pódio.