Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil estreia com derrota na fase final do Grand Prix

Seleção feminina, que busca o nono título da competição, perde do Japão por 3 sets a 2, e se complica

A seleção brasileira feminina de vôlei chegou à fase final do Grand Prix com a melhor campanha, mas foi surpreendida pelo Japão. A atual campeã olímpica perdeu por 3 sets 2, com parciais de 13/25, 25/23, 18/25, 25/22 e 15/13, no primeiro dos cinco jogos da fase decisiva da competição. A disputa agora é por pontos corridos, com os seis classificados se enfrentando. A última rodada é no domingo.

Pelo regulamento, o time que vence sem a disputa do quinto set (tie-break) soma três pontos. Vitória por 3 sets a 2, dá dois pontos. O perdedor só leva um ponto quando a derrota vem no tie-break. Foi o que aconteceu com o Brasil, que terminou a primeira rodada na quarta colocação, com um ponto. Nesta quinta-feira, o adversário é a Polônia, às 4h30 (horário de Brasília). As polonesas perderam dos Estados Unidos também por 3 a 2 (13/25, 18/25, 28/26, 25/19 e 15/12) e só estão em quinto lugar pelo critério de desempate.

A liderança é da Itália, que não tomou conhecimento das donas da casa e venceu por 3 sets 0, com parciais de 25/20, 25/16 e 25/21. As italianas, as únicas a derrotar a seleção brasileira na fase classificatória, somaram três pontos. Já as chinesas não pontuaram.

A melhor jogadora da seleção brasileira no jogo contra o Japão foi a atacante Jaqueline, que marcou 27 pontos. Mas foi justamente o fato de uma jogadora ter um rendimento muito acima das outras que incomodou o técnico José Roberto Guimarães. “O Japão jogou como equipe. Foi exatamente isso o que faltou ao Brasil e acabou nos custando a partida. A Jaqueline foi muito bem, mas a situação ideal é quando há um equilíbrio entre as jogadoras. Precisamos de todas jogando bem” disse o treinador. O Brasil busca o nono título do Grand Prix, sendo que venceu as últimas duas edições.

(Com Agência Estado)