Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil convoca chinesa naturalizada para tênis de mesa

Por AE

São Paulo – A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) confirmou nesta segunda-feira a convocação de Gui Lin para a delegação brasileira que vai à Olimpíada de Londres. A mesa-tenista chinesa conseguiu a naturalização no início de maio e será a terceira atleta da equipe feminina, que conta ainda com Ligia Silva e Caroline Kumahara.

Gui Lin brigava por uma vaga no torneio por equipes com Jessica Yamada. Ela foi escolhida apesar de estar pior do que a concorrente no ranking mundial, em 258.ª, atrás da 247.ª colocação de Yamada. Ligia Silva, 196.ª, e Caroline Kumahara, 218.ª, são as duas brasileiras em melhores posições no ranking.

“A escolha da terceira atleta foi muito difícil, porque tanto Jessica como Gui Lin mostraram muitas virtudes nesses últimos dois anos. Jessica cresceu muito como atleta em todos os aspectos: fisicamente, tecnicamente e principalmente na parte mental. É excelente para o grupo e com certeza evoluirá muito nesses próximos anos”, declarou Lincon Yasuda, coordenador técnico da CBTM.

Gui Lin chegou ao Brasil aos 12 anos, para um intercâmbio estudantil. A garota, que já praticava tênis de mesa, passou a morar em São Bernardo do Campo (SP). Lá, conheceu Hugo Hoyama, que se tornou seu treinador, posto que ocupa até hoje. Ambos são do Palmeiras.

“Com relação à Gui Lin, mesmo não tendo a oportunidade de competir oficialmente pelo Brasil (somente em torneios abertos), participou de toda a programação das seleções adulta e juvenil. Mesmo quando fora de competição, ajudou a elevar o nível do grupo, mostrando qualidade e cooperação”, disse Yasuda.