Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil bate Portugal e encerra a 1ª fase do Mundial invicto

Por Da Redação 7 nov 2012, 08h52

A seleção brasileira de futsal encerrou a primeira fase da Copa do Mundo da Tailândia com 100% de aproveitamento. Na manhã desta quarta-feira, a equipe nacional venceu um difícil confronto contra Portugal por 3 a 1, em Nakhon Ratchasima, e conquistou sua terceira vitória em três partidas. O Brasil, que entrou em quadra já com a vaga nas oitavas de final garantida, fechou a primeira fase na ponta do grupo C, com nove pontos ganhos. O próximo adversário da seleção é um dos quatro melhores terceiros colocados da fase inicial da competição. O jogo está marcado para segunda-feira, às 9h30 (horário de Brasília).

Leia também:

Leia também: Em Bangcoc, Fifa mostra que não hesita em vetar arenas

No jogo desta quarta, o Brasil assustou ainda no primeiro minuto ,com Fernandinho, em lance em que o goleiro Benedito apareceu bem. A seleção continuou pressionando em busca do gol inaugural, mas deixou espaço para Portugal levar perigo nos contragolpes. O placar só foi aberto aos 12 minutos de jogo, quando Simi recebeu passe de cabeça de Fernandinho dentro da área e finalmente venceu o arqueiro português. A vantagem brasileira, no entanto, durou pouco. Aos 14 minutos, Cardinal tramou boa jogada com Ricardinho e bateu na saída de Tiago. A equipe portuguesa conseguiu acertar sua marcação e equilibrou o jogo.

Leia também:

Leia também: Com lesão leve, Falcão continuará no Mundial de futsal

A seleção voltou à frente do marcador aos oito minutos da segunda etapa, após Fernandinho tabelar com Simi em velocidade e encontrar o gol vazio para marcar. Aos 13 minutos o goleiro Benedito colocou a mão na bola fora da área e acabou sendo expulso. Com um jogador a mais em quadra por dois minutos, o time comandado por Marcos Sorato trabalhou bem a bola, mas não conseguiu transformar a vantagem em quadra em mais gols. No minuto final, no entanto, Neto interceptou passe do goleiro-linha adversário e mandou para as redes, de longe, definindo o marcador e confirmando o favoritismo dos brasileiros na Tailândia.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade