Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil anuncia pré-lista para Jogos com atletas da WNBA

Por AE

São Paulo – O técnico Luiz Cláudio Tarallo anunciou nesta quinta-feira as 18 jogadoras pré-convocadas para a seleção feminina de basquete que vai à Olimpíada de Londres. A lista não possui grandes surpresas e nela estão as três jogadoras do País ligadas a equipes da WNBA, a liga norte-americana: Iziane, Damiris e Érika.

Os treinamentos terão início no dia 3 de maio, em Jundiaí. Dois dias antes as atletas se apresentaram na cidade do interior paulista para a realização de exames médicos. Posteriormente, o grupo de 18 atletas será reduzido para 12, que irão aos Jogos.

Mesmo com a dificuldade de liberação na WNBA, Érika e Iziane, do Atlanta Dream, e Damiris, recém-selecionada no Draft pelo Minnesota Lynx, demonstraram interesse de participar de toda a preparação, segundo a diretora das seleções brasileiras femininas, Hortência.

“Queríamos saber se elas queriam estar aqui. A Érika sempre quis. Sempre muito favorável, disposta. Com a Iziane fizemos uma aproximação. Falo com ela há um bom tempo, e vimos que ela podia entender qual a importância de estar conosco desde o início. Ela pode dar muito mais do que já deu para a seleção se tiver entrosada, entendendo a jogada e a cabeça do treinador. A Damiris também foi ‘draftada’, mas deixou claro que só vai para os Estados Unidos depois da Olimpíada”, comentou.

Damiris, aliás, é uma das principais esperanças da seleção para trazer uma medalha de Londres. A ala/pivô, de apenas 19 anos, foi eleita a melhor jogadora do último Mundial Sub-19, no ano passado, quando as brasileiras trouxeram um inédito bronze, sob o comando do próprio Tarallo. Desde então, ela só evoluiu até conseguir, precocemente, chegar à WNBA.

“A Damiris melhorou muito. Antes só atuava de costas, como pivô mesmo, e nós trabalhamos muito com ela. Com 1,92m teria dificuldade para ser pivô, ainda mais por ser uma jogadora técnica e não de força. Assim fizemos ela jogar mais de frente, com arremesso, cortando para os lados, e ela comprou a ideia”, comentou Tarallo.

De acordo com a comissão técnica, a ideia foi convocar 18 atletas para mesclar a juventude de algumas jogadoras com a experiência de outras nesta fase de treinamentos. No grupo brasileiro, ninguém esconde que já há o pensamento na Olimpíada de 2016, que acontecerá no Brasil.

Veja as 18 atletas presentes na pré-convocação:

Armadoras: Adrianinha Moisés, Barbara Queiroz, Joice Rodrigues e Tássia Carcavalli.

Alas/Armadoras: Iziane Marques, Jaqueline Silvestre, Karla Costa, Palmira Marçal, Patricia Ferreira ‘Chuca’ e Patricia Ribeiro.

Alas: Renata Oliveira e Silvia Gustavo Rocha.

Alas/pivô: Damiris Dantas, Franciele Nascimento e Gilmara Justino.

Pivôs: Clarissa Santos, Érika de Souza, e Nádia Colhado.