Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brandão é detido e enfrenta Justiça comum por cabeçada

Atacante brasileiro agrediu Thiago Motta após jogo do Campeonato Francês

Por Da Redação 22 ago 2014, 15h02

O atacante brasileiro Brandão, do Bastia, foi detido por algumas horas nesta sexta-feira e intimado a comparecer a um tribunal de Paris pela cabeçada que deu no compatriota Thiago Motta, do Paris Saint-Germain, informou uma fonte na Justiça francesa. O jogador foi indiciado por “atos violentos cometidos em um recinto esportivo, com premeditação”.

Leia também:

Brandão é suspenso por dar cabeçada em Thiago Motta

Brandão pode pegar dois anos de suspensão por cabeçada em Thiago Motta

Na quinta-feira, Brandão já havia sido suspenso de forma provisória até o dia 18 de setembro, data da audiência da Comissão de Disciplina da Liga Profissional da França (LFP). A decisão final será tomada apenas depois dessa audiência, quando ambas as partes serão ouvidas.

Continua após a publicidade

A agressão ocorreu no último sábado, depois da derrota por 2 a 0 do Bastia para o PSG, e foi flagrada por câmeras de segurança dos estádio Parque dos Príncipes. No vídeo, o brasileiro de 34 anos aparece no túnel que leva ao vestiário dando uma cabeçada no brasileiro naturalizado italianoThiago Motta.

O Ministério Público francês abriu uma investigação na terça-feira para avaliar se a agressão tinha sido ou não premeditada. A ação na Justiça comum pode resultar em pena de prisão, multa e proibição de entrar em estádios.

Em caso semelhante, o zagueiro venezuelano Gabriel Cichero, que agrediu um dirigente do Bastia quando defendia o Lens, em outubro de 2011, pegou cinco meses de liberdade condicional, foi proibido de entrar em estádios ao longo do período e ainda teve que pagar uma multa de 10.000 euros.

https://youtube.com/watch?v=Be7pF9dWDF8%3Frel%3D0

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade