Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Bragantino perde em casa e fica mais longe de subir

Por Da Redação 19 nov 2011, 18h32

Por AE

Bragança Paulista – Numa tarde de pouca inspiração, o Bragantino praticamente jogou fora a sua grande chance de ficar perto do acesso dentro na Série B. Neste sábado à tarde, no Estádio Nabi Chedid, o time paulista perdeu para o Asa, por 1 a 0, e estragou a festa armada por sua torcida, já sonhando com a promoção para a elite do futebol brasileiro.

Com 58 pontos, o time paulista caiu para a quinta posição, atrás do Sport, que tem o mesmo número de pontos, porém, tem melhor saldo de gols: 17 a 13. O ASA, mesmo tendo vencido, segue correndo risco de rebaixamento com os 48 pontos, em 15.º lugar.

Os jogos que fecham a competição vão definir a última vaga do acesso. O Bragantino viaja até Curitiba e enfrenta o Paraná no Estádio Durival de Brito, sábado. Mas agora não depende só dele. Precisa de um resultado melhor que o do Sport, que pega o rebaixado Vila Nova, também fora de casa. Se ambos vencerem, o Bragantino tem que tirar quatro gols de saldo. No mesmo dia e horário o ASA recebe o Vitória no estádio Coaracy Nunes da Fonseca, lutando para fugir do rebaixamento.

O nervosismo prevaleceu no Bragantino, que, mal posicionado em campo, abriu espaços para os contra-ataques do time alagoano. E assim o ASA abriu o placar aos 28 minutos. Depois de ficar com a bola no setor intermediário de seu campo de ataque, Jorginho arriscou o chute e mandou um verdadeiro pombo sem asa no ângulo superior esquerdo de Gilvan. Um golaço: 1 a 0 para o ASA.

No segundo tempo, o Bragantino tentou de tudo, inclusive com as entradas de outros atacantes como Luis e Finazzi. O time criou muitas chances, mas pecou nas finalizações. O ASA se defendeu bem e teve mais perto de ampliar, nos contragolpes, do que sofrer o segundo gol.

FICHA TÉCNICA:

Bragantino 0 X 1 ASA

Continua após a publicidade

Bragantino – Gilvan; Luis Henrique, André Astorga e Júnior Lopes (Deyvid Sacconi); Léo Jaime, Esley (Finazzi), Felipe, Luis Mário (Luís) e Marcinho; Romarinho e Lincom. Técnico – Marcelo Veiga.

ASA – Gilson; Leandro Cardoso, Thiago Alves (André Nunes) e Di Fábio, Sérgio Bueno (Chiquinho), Cal, Jorginho, Francismar, Chiquinho Baiano e Raul (Marielson); e Alexsandro. Técnico – Viça.

Gol – Jorginho aos 28 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – André Luiz Freitas de Castro (GO).

Cartões amarelos – Esley, André Astroga, Júnior Lopes, Luis Henrique, Felipe, Marcinho, Francismar, Thiago Alves, Leandro Cardoso.

Renda – R$ 58.235,00.

Público – 9.620 pagantes.

Local – Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Continua após a publicidade

Publicidade