Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Boxeador eliminado ganha medalha de menino de 5 anos

Michael Conlan não se conformou com a eliminação nas quartas-de-final e xingou até a associação de boxe, mas recebeu um presente de um fã como consolo

O boxeador irlandês Michael Conlan não se conformou com a eliminação nas quartas-de-final da Olimpíada do Rio nesta terça-feira. Após perder para o russo Vladimir Nikitin, ele mostrou o dedo do meio aos juízes, chamou a organização do boxe de corrupta e disse que nunca mais participaria de uma Olimpíada. Apesar da derrota e do comportamento nada exemplar, o peso galo ganhou uma medalha de consolação. Não do Comitê Olímpico, mas de um fã de cinco anos de idade.

Leia também:
Com ‘jogo bonito’, Brasil faz 6 a 0 em Honduras e está na final
Recados a Alemanha e Argentina: o deboche da torcida no Maracanã

Justiça proíbe Lochte de sair do país. Problema: ele já foi

Depois de assistir a luta, o garoto escreveu uma carta ao pugilista, dizendo que considerava o resultado injusto, que Conlan é o melhor do mundo e ofereceu ao ídolo sua própria medalha,’conquistada’ em uma competição escolar. A mensagem do garoto chegou até o boxeador por meio da tia, que fotografou-a e postou em uma rede social. O irlandês, que já ganhou o bronze em Londres 2012, agradeceu o recado e disse que tem um presente para o pequeno fã.