Clique e assine a partir de 9,90/mês

Botafogo vence Vasco e retoma liderança do Brasileirão

"É maravilhoso marcar um gol pela primeira vez num estádio como o Maracanã", disse Seedorf

Por Da Redação - 5 ago 2013, 07h48

Seedorf marcou seu primeiro gol “no lendário Maracanã”, segundo ele próprio definiu, e o Botafogo voltou à liderança do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Vasco por 3 a 2, na noite deste domingo, no Rio. O time do craque holandês chegou aos 23 pontos e abriu dois de vantagem sobre o Cruzeiro, para quem tinha perdido a ponta no dia anterior. O Vasco mantém 14 pontos.

O clássico foi emocionante e marcou a estreia do volante argentino Guiñazu com camisa do Vasco, mas ele saiu contundido ainda no primeiro tempo. Havia equilíbrio em campo até o atacante André, de cabeça, marcar um gol, anulado pela arbitragem. O lance, polêmico, irritou os vascaínos. Na sequência, Rafael Marques, após chute de Gabriel em que a bola bateu num adversário, abriu o placar para o Botafogo.

O time do Vasco pediu impedimento na jogada do gol de Rafael Marques e mostrou descontrole nos minutos seguintes. Foi nesse contexto que Seedorf recebeu passe de Vitinho e, com um toque sutil, encobriu o goleiro Diogo Silva: 2 a 0 para o Botafogo.

Guiñazu saiu logo depois. E o cenário para o Vasco passou a ser o pior possível. Em apenas cinco minutos, dos 33 aos 38, o Botafogo criou quatro oportunidades. Parecia que o clássico já estava definido, até que Juninho Pernambucano girou em meio a dois defensores do Botafogo, ficou diante de Jefferson e rolou para André, a seu lado, diminuir.

O segundo tempo começou eletrizante. André empatou no primeiro ataque do Vasco e, após a saída de bola, Rafael Marques deu um drible bonito em Nei, que ficou caído no gramado, e chutou colocado para voltar a colocar o Botafogo em vantagem.

O Botafogo, então, voltou a dominar o jogo e esteve bem próximo de aplicar uma goleada. O Vasco dependia de Juninho Pernambucano, de seus passes e de suas jogadas de bola parada. Aos 25 minutos, o veterano craque sentiu dores musculares, ficou deitado e pediu que fosse substituído. Ao saber que o time já havia feito as três alterações, decidiu permanecer em campo, aplaudido por toda a torcida vascaína.

Por pouco, num chute de longe, Juninho Pernambucano quase conseguiu marcar o terceiro gol do seu time. O Botafogo, no entanto, recuou no final e soube segurar o resultado. “É maravilhoso marcar um gol pela primeira vez num estádio como o Maracanã”, disse Seedorf, que comanda com classe e talento o líder do Brasileirão.

Continua após a publicidade

Ficha técnica:

VASCO – Diogo Silva; Nei, Renato Silva e Rafael Vaz e Yotún; Sandro Silva (Fagner), Guiñazu (Wendel), Juninho Pernambucano e Pedro Ken; Éder Luís (Robinho) e André. Técnico – Dorival Júnior.

BOTAFOGO – Jefferson; Gilberto, Bolívar, Dória e Júlio Cesar (Lima); Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro (André Bahia), Vitinho (Elias) e Seedorf; Rafael Marques. Técnico – Oswaldo de Oliveira.

GOLS – Rafael Marques, aos 22, Seedorf, aos 30, e André, aos 44 minutos do primeiro tempo; André, aos 2, e Rafael Marques, aos 3 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÃO AMARELO – Yotún, Pedro Ken, Renato Silva, Wendel e Gabriel.

LOCAL – Estádio Maracanã, no Rio.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade