Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Botafogo vence Treze nos pênaltis após ‘cavadinha’ frustrada

Equipe carioca joga mal e sofre para eliminar o time paraibano no Engenhão

Por Da Redação 22 mar 2012, 05h19

O Botafogo sofreu, mas conseguiu nos pênaltis a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. O time carioca repetiu o resultado do primeiro jogo com o Treze da Paraíba e empatou por 1 a 1 no tempo regulamentar, no Engenhão. Nas cobranças de penalidades, mesmo com os erros de Loco Abreu e Renato, o Botafogo conseguiu a classificação por 3 a 2 na defesa decisiva de Jefferson, após uma tentativa frustrada de “cavadinha” de Léo Rocha.

O jogo – Botafogo e Treze fizeram um jogo dramático acompanha por um público pequeno – apenas 3.086 pagantes. Logo aos três minutos de jogo, a equipe da Paraíba abriu o placar quase sem querer. Livre na intermediária, Amaral Rosa arriscou o chute, a bola desviou em Fábio Ferreira e entrou mansamente no gol, fora do alcance do goleiro Jefferson.

Com a desvantagem o Botafogo ficou nervoso e passou a jogar mal. Mesmo assim, o empate veio aos 22 minutos, com Loco Abreu desviando de cabeça um cruzamento de Renato e voltando a marcar um gol após mais de um mês e meio.

A virada, no entanto, não veio. O goleiro Beto frustrou todas as outras chances do time carioca e o Treze ameaçava em ataques esporádicos, deixando o jogo com um clima tenso. Aos 33 minutos do segundo tempo, o time paraibano perdeu Carlos Alberto, expulso. O Botafogo não conseguiu aproveitar a vantagem e o jogo foi para os pênaltis.

Pênaltis – Na primeira cobrança do Treze, Rone Dias tentou uma cavadinha e acertou a trave. Mais tarde, o goleiro Beto defendeu o chute do botafoguense Renato. Anderson, do Treze, chutou para fora a chance de empatar.

Na última cobrança dos cariocas, bastava Loco Abreu marcar para garantir a classificação. Porém, o uruguaio cobrou no meio e o goleiro Beto defendeu, aumentando o sofrimento do público no Engenhão. Em seguida, na cobrança decisiva, Léo Rocha tentou uma cavadinha, pegou mal na bola e viu Jefferson defender o chute com facilidade. Na comemoração, o goleiro foi tirar satisfações com o adversário pela cobrança – típica, aliás, do principal atacante do Botafogo, Loco Abreu.

O próximo adversário do time carioca na Copa do Brasil será o Guarani, de Campinas.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade