Clique e assine a partir de 8,90/mês

Botafogo tenta lidar com ansiedade por liderança

Por Da Redação - 18 out 2011, 18h26

Por AE

Rio – O Botafogo pode quebrar um longo jejum nesta quarta-feira, se vencer o Santos na Vila Belmiro, assumindo a liderança do Campeonato Brasileiro, algo que não acontece desde 2007. A torcida encara a partida como um momento chave da equipe carioca na competição, mas o elenco sabe que não será o duelo contra os santistas que vai definir o título.

“Queremos liderar o Brasileiro, mas sabemos que esse confronto com o Santos não é a final do campeonato. Não queremos criar uma grande expectativa para que não fique todo mundo desmotivado, em caso de um resultado negativo, algo que é até normal de acontecer”, ponderou Antônio Carlos. “Um empate lá não é um resultado ruim, mas estamos indo para ganhar”, completou.

Melhor mandante do Brasileirão, o Botafogo sabe que só não é líder porque não tem um desempenho tão bom como visitante. Este cenário pode estar mudando. Contra o Corinthians, há uma semana, a equipe conquistou uma vitória importante sobre um rival direto, na casa do adversário, e ganhou moral. “Jogar fora de casa é um pouco mais difícil, mas já mostramos nossa capacidade contra o Corinthians”, disse Antônio Carlos.

Para a partida, Caio Júnior tem desfalque importante. O volante Renato cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O jogador deve ser substituído pelo jovem Bruno Tiago. Quem volta ao time é o lateral Cortês, que cumpriu gancho na vitória sobre o Atlético-PR, na última rodada.

Continua após a publicidade
Publicidade