Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Botafogo lamenta apatia em campo e vê título distante

Por Da Redação 13 nov 2011, 20h52

O Botafogo não se encontrou em campo durante os 90 minutos do clássico deste domingo, contra o Vasco, e acabou derrotado por 2 a 0, no Engenhão. Diferente dos discursos anteriores, em que os jogadores colocavam o Alvinegro na briga pelo título, os atletas admitiram que o título do Brasileiro está distante do clube e que a apatia da equipe precisará ser corrigida nas próximas rodadas.

Alvo da forte marcação imposta pelos vascaínos, o atacante Herrera se mostrou incomodado como o time se rendeu à pressão vascaína e não buscou o resultado após sofrer o primeiro gol na partida. ‘Hoje o time começou bem, pressionando e foi parado pelos contra-ataques. Eles fizeram o gol, gostaram do jogo e nós não tentamos nada no segundo tempo. Ficamos sem chegar ao gol.’

Além do argentino, quem reclamou do comodismo do Botafogo no clássico foi o volante Renato, que comparou a postura do time ao da partida contra o Figueirense, na rodada passada, quando os cariocas foram derrotados por 1 a 0. Com mais um resultado negativo, o jogador admitiu que o título ficou distante, mas ressaltou que a equipe continuará buscando as vitórias na competição.

‘A gente criou algumas oportunidade e não fizemos. Eles foram efetivos na finalização. Nós lutamos, mas a bola não entrou, igual ao jogo contra o Figueirense. Lógico que matematicamente ainda dá para chegar ao título, só que tem que lutar. Ficou muito mais dificil, mas não podemos nos entregar’, concluiu Renato.

Na próxima quarta-feira, o Alvinegro voltará a campo para tentar se recuperar das duas derrotas seguidas que acumulou. Os cariocas enfrentarão o América-MG, que apesar de estar na zona do rebaixamento, derrotou Corinthians e Fluminense nas últimas rodadas e embolou a briga pelo título.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade