Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Botafogo goleia Ceará e assume a vice-liderança provisória do Brasileiro

Por Da Redação 8 set 2011, 00h13

Com dois gols do argentino Herrera, um do uruguaio Loco Abreu e outro do garoto Cidinho, o Botafogo goleou por 4 a 0 o Ceará, nesta quarta-feira, no Engenhão, e segue na cola dos líderes do Campeonato Brasileiro. A vitória fez com que os cariocas chegassem a 40 pontos, um a menos do que o líder São Paulo. Já os cearense seguem com 23, e já começam a se preocupar com a proximidade da zona de rebaixamento.

O alvinegro carioca começou com tudo e abriu o placar aos cinco minutos, com Herrera. Os donos da casa contaram com a expulsão do zagueiro Fabrício no fim do primeiro tempo. Na etapa final, novamente Herrera ampliou aos 12; Loco Abreu, aos 27 e o jovem Cidinho, aos 37 deram números finais em um Engenhão lotado.

Na próxima rodada, o Botafogo vai até o Couto Pereira para encarar o Coritiba, no domingo. No mesmo dia, o Ceará recebe o Atlético-GO, no estádio Presidente Vargas.

O jogo – O Botafogo começou a partida empolgado pelo Engenhão lotado e pressionou o Ceará desde o início do jogo. Logo aos cinco minutos, Elkeson recebeu na lateral, ganhou do marcador e cruzou para a área. O atacante Herrera se antecipou a zaga para se esticar e colocar na rede. O gol acalmou os cariocas, que continuaram dominando o confronto, mas que passaram a tocar mais a bola.

Aos poucos, o Ceará melhorou a marcação e começou a chegar ao ataque. Os visitantes quase empataram aos 21 minutos. Em um contra-ataque rápido, Osvaldo lançou Washington, mas o atacante chutou em cima de Lucas. A resposta do Botafogo veio dois minutos depois, quando Elkeson cobrou falta e obrigou Diego a fazer boa defesa. O lance inflamou os cariocas, que quase ampliaram aos 25. Maicosuel finalizou errado, mas Herrera estava ligado e, de carrinho, tentou colocar para a rede cearense. No entanto, a bola passou rente a trave direita.

Continua após a publicidade

O jogo ficou equilibrado, pois as marcações passaram a levar vantagem sobre os ataques. Somente aos 37 minutos o Ceará criou outra boa chance, quando Thiago Humberto tocou para João Marcos, que arriscou de longe e assustou Jéfferson. Quando os vistantes conseguiam neutralizar o Botafogo, um revés impediu a reação da equipe. O zagueiro Fabrício foi expulso após receber o segundo cartão amarelo por falta em Maicosuel, prejudicando o desempenho do Vozão no jogo.

Mesmo com um homem a menos, o Ceará começou o segundo tempo buscando o empate. No entanto, foi o Botafogo que ampliou o placar aos 12 minutos. Após cruzamento de Éverton pela esquerda, Herrera cabeceou a direita de Diego, que tentou se esticar, mas não chegou na bola.

O Ceará sentiu o segundo gol e diminuiu as investidas ao ataque. No entanto, os visitantes assustaram Jéfferson quando Osvaldo arriscou da entrada da área e viu a bola passar a direita do gol carioca.

Administrando o resultado, o Botafogo chegava com frequência ao ataque. O argentino Herrera, principal jogador em campo, quase fez seu terceiro, de novo de cabeça, mas a bola passou ao lado do gol defendido por Diego

O Botafogo seguiu tentando e chegou ao terceiro gol aos 27 minutos. Em boa jogada coletiva, Elkeson lançou Maicosuel na linha de findo, pela direita. O meia cruzou rasteiro para a marca de pênalti e achou Loco Abreu livre. O uruguaio só teve o trabalho de tocar para a rede cearense.

Após sofrer o terceiro gol, o Ceará recuou mais ainda e viu o Botafogo crescer na partida. Assim como no começo do jogo, não demorou muito para os cariocas marcarem. Aos 37 minutos, Éverton cruzou pela esquerda e achou Cidinho, que cabecou sem chance para Diego, decretando a vitória dos donos da casa.

Continua após a publicidade
Publicidade