Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Botafogo garante foco total no Guarani antes da semifinal

Por Da Redação 16 abr 2012, 13h31

O Botafogo vai viver uma semana decisiva. Na próxima quarta-feira o time recebe o Guarani-SP, às 21h50 (de Brasília), no Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Já no sábado, no mesmo local, tem duelo contra o Bangu, às 18h30 (de Brasília), pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. A fim de evitar surpresas desagradáveis o técnico Oswaldo de Oliveira e os jogadores têm o segredo para o sucesso: pensar em um compromisso de cada vez. Portanto, o foco está todo no Bugre.

‘Não podemos deixar de pensar no Guarani e olhar o Bangu, senão a coisa pode desandar. Para chegarmos bem nas semifinais da Taça Rio teremos que selar a nossa classificação na Copa do Brasil, senão o baque será grande. Vamos ter uma partida complicada pela frente e não podemos deixar passar a oportunidade de avançarmos em nossa casa’, disse o volante Renato.

O Botafogo derrotou o Guarani por 2 a 1 na partida de ida, em Campinas (SP), e por isso pode até mesmo perder por 1 a 0 que vai se classificar, uma vez que os gols marcados como visitante valem para critério de desempate. Ao Bugre resta ganhar por dois gols de vantagem ou por um gol de diferença a partir de 3 a 2. Caso devolva o 2 a 1 o time paulista vai forçar a disputa de pênaltis.

‘Não tenho nenhuma dúvida de que os jogadores do Botafogo estão pensando apenas na partida contra o Guarani, independentemente do que aconteceu na partida de ida. Eles sabem muito bem o que representa disputar um torneio de mata-mata, onde em um único jogo podemos colocar todo o trabalho na lata de lixo. Vamos trabalhar pensando no Guarani e depois olhamos a partida contra o Bangu, que vai ser outra pedreira’, disse Oswaldo.

Para o duelo contra o Guarani o Botafogo não poderá escalar o lateral esquerdo Lucas, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo na partida de ida. Assim, o volante Lucas Zen, recuperado de dores musculares na coxa direita, fará a posição de maneira improvisada. O volante Marcelo Mattos, que cumpriu suspensão no empate por 1 a 1 com o Boavista pelo Campeonato Carioca, reaparece na vaga do jovem Jadson. Preservados no fim de semana, o zagueiro Antônio Carlos, o lateral esquerdo Márcio Azevedo e os meias Andrezinho e Elkeson têm retorno assegurado.

Dessa maneira, a tendência é o Botafogo entrar em campo contra o Guarani com a seguinte escalação: Jéfferson, Lucas Zen, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Fellype Gabriel, Andrezinho e Elkeson; Loco Abreu. O elenco participou de um trabalho regenartivo nesta segunda-feira e na terça-feira acontece o último treino antes da partida.

Continua após a publicidade

Publicidade