Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Botafogo empata aos 49, mas goleiro brilha nos pênaltis e dá vaga ao Vitória

Por Da Redação 15 jan 2012, 21h04

O Botafogo parecia ter alcançado a redenção ao empatar por 2 a 2 com o Vitória aos 49 minutos do segundo tempo, em jogo disputado no estádio Martins Pereira, mas o goleiro rubro-negro Ruan pegou duas cobranças de pênalti e garantiu ao Vitória a 16e última vaga de classificado para as oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Quarta-feira o time encara o Rondonópolis-MT.

O primeiro tempo da movimentada partida começou com os rubro-negros abrindo o placar logo aos sete minutos de bola rolando. José Welison fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Givanildo, que se antecipou à zaga e desviou para o gol.

Os cariocas, que já haviam tido de reagir na última partida da fase de classificação, contra o São José, quando saíram perdendo por 2 a 0, foram para cima e, ainda antes do intervalo, conseguiram o empate. Aos 22, Dória desviou de cabeça e igualou.

Porém, os bainos aparentaram não sentir o gol, e seguiram ameaçando, principalmente com os rápidos José Welison e Givanildo. O tento da vitória, no entanto, veio na bola parada, dando o troco no Alvinegro.

Após cruzamento, o autor do gol Dória não conseguiu cortar, Agdon cabeceou e carimbou a trave. Na sobra, com o goleiro caído, Willie bateu de canhota e estufou as redes.

O defensor botafoguense, porém, não deixou a sua exibição ser desperdiçada após a falha. Já aos 49 minutos, Dória voltou à área adversária e desviou cobrança, igualando o marcador e levando para os pênaltis.

Nas penalidades, Agdon, Josué e Givanildo marcaram todos do Vitória, com Gabriel sendo o único a perder, enquanto Lucas converteu isoladamente para o Bota. Dedé bateu muito mal e jogou para fora, enquanto Sassá e Jadson pararam em lindas defesas de Ruan, fechando a disputa em 3 a 1.

Continua após a publicidade
Publicidade