Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Botafogo e Ponte Preta lutam para manter sequência positiva

O Botafogo recebe a Ponte Preta neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Engenhão, em confronto válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Glorioso está embalado pela vitória fora de casa sobre o Internacional, que o colocou no pelotão de frente da competição com nove pontos conquistados. A Macaca, com três pontos a menos, também vem de um bom resultado: triunfo de 1 a 0 sobre os reservas do Corinthians.

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, pediu paciência aos jogadores neste domingo: ‘A Ponte Preta não vai querer tomar a iniciativa do confronto, como costuma fazer quando joga em Campinas. Aqui ela vai querer esperar e trabalhar em cima do nosso erro, pois sabe que a responsabilidade de buscar o gol vai cair nas nossas costas. Vai sempre existir a nossa necessidade de buscar o gol, mas temos que ser inteligentes para não acabarmos surpreendidos’.

Os jogadores consideram que a vitória neste domingo é fundamental para o time ter uma sequência tranquila no Campeonato Brasileiro.

‘Vencemos bem os nossos dois primeiros jogos, depois perdemos duas partidas de maneira consecutiva e agora estamos vindo de uma triunfo sobre o Internacional, fora de casa, resultado que sempre dá moral. O Campeonato Brasileiro cobra regularidade. O respeito para com a Ponte Preta sempre vai existir, mas o nosso pensamento é somar três pontos e seguir bem na classificação’, disse o experiente volante Renato.

Oswaldo de Oliveira tem problemas para este jogo. O lateral direito Lucas, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo recebido contra o Internacional, e o atacante Herrera, sendo negociado com o futebol árabe, não jogam. Assim, Lennon, que jogou pelo lado esquerdo no Sul, volta a sua posição de origem, uma vez que Márcio Azevedo, que cumpriu suspensão diante do Colorado, volta a ficar à disposição.No ataque, mesmo sem se encaixar no esquema de jogo considerado ideal pela comissão técnica, Loco Abreu será escalado. O volante Jadson, recuperado de dores musculares na coxa direita, reaparece na vaga de Lucas Zen.

Já Marcelo Mattos, ainda sofrendo com lesão na virilha esquerda, fica de fora outra vez. O zagueiro Antônio Carlos, recuperado de um edema ósseo no joelho direito, reaparece no posto de Brinner.

Pelo lado da Ponte Preta, o técnico Gilson Kleina acredita que a vitória fora de casa possa dar um salto importante nos planos do time neste início de Campeonato Brasileiro.

‘Estamos vindo de uma importante vitória contra o Corinthians e agora seria muito importante um resultado positivo no Rio de Janeiro. Nós teremos muitas dificuldades nesta partida, mas não podemos nos intimidar’, disse Kleina.

Para este jogo, a Ponte Preta não poderá contar com o volante Renê Júnior, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Somália, que seria o reserva imediato, não pode atuar por força de contrato, já que pertence ao Botafogo. Assim, Lucas foi o escolhido para a posição. Já o meio campista Caio, com uma tendinite no músculo posterior da coxa, foi vetado, cedendo espaço para Nikão.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-RJ X PONTE PRETA-SP

Local: Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 24 de junho de 2012 (Domingo)

Horário: 18h30(de Brasília)

Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)

Assistentes:Roberto Braatz (Fifa-PR) e José Dias Passos (PR)

BOTAFOGO:Jéfferson, Lennon, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato, Fellype Gabriel, Andrezinho e Vítor Júnior; Loco Abreu Técnico: Oswaldo de Oliveira

PONTE PRETA: Edson Bastos, Cicinho, Tiago, Ferrón e João Paulo; Baraka, Lucas, João Paulo Silva e Nikão; André Luís e Roger Técnico: Gilson Kleina